ESPN Brasil vai mudar programação, cenários e formatos de programas até fim do ano

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ESPN Brasil está preparando um grande “choque” para as próximas semanas. Em reuniões com executivos da Disney da Argentina, Estados Unidos e Brasil, na semana passada, foi definido que mudanças na programação da emissora e troca de formatos dos seus programas irão acontecer até o fim deste ano.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, as atrações terão troca de apresentadores e comentaristas, além de sofrerem com mudança no seu tempo de arte. A ordem é deixar tudo mais dinâmico e menos arrastado. Os programas de debate serão o principal alvo dessa mudança.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem deverá ganhar mais espaço é o noticiário SportsCenter. O programa terá mais tempo no ar e reportagens mais elaboradas, além de priorizar a análise ao vivo e entrada de repórteres dos mais diversos cantos do país. A ideia é se inspirar na ESPN dos Estados Unidos, líder de audiência por lá.

Por conta disso, na semana passada, um executivo de Los Angeles da emissora esportiva da ESPN esteve na sede do canal, em São Paulo, e passou as novas orientações. Haverá troca de cenários, que seguirão se inspirando no padrão americano da ESPN.

A boa notícia é que, tanto os executivos da Argentina, quanto o executivo dos Estados Unidos, informaram aos membros do Jornalismo da ESPN Brasil que não pretende mexer na linha editorial da emissora.

A ordem é manter o tom, reconhecido pelo público brasileiro, e não apostar em algo mais Fox Sports, que flerta com o entretenimento. Os executivos de fora do Brasil também entendem que existe um tripé forte hoje na emissora: o SportsCenter, o Linha de Passe e o Resenha ESPN. Estes deverão apenas receber espaço.

Por fim, demissões estão descartadas. Novas contratações serão feitas nas próximas semanas. A ordem é investir, num primeiro momento, na contratação de mulheres para a equipe esportiva. Atualmente, o canal considera que tem poucos talentos femininos.

Procurada oficialmente pelo Observatório da Televisão, a assessoria da ESPN Brasil confirmou que a emissora passará por mudanças na programação e cenários, mas não estabeleceu prazos para que isso aconteça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais