ESPN Brasil contrata jornalista russo para auxiliar na cobertura da Copa do Mundo de 2018

Publicado há 3 anos
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo que não vá transmitir os jogos da Copa do Mundo em 2018 – algo que o canal já confirmou que não fará -, a ESPN Brasil vai investir bastante em cobertura jornalística do principal torneio de futebol do mundo.

O canal anunciou a contratação do jornalista russo Grisha Telingater, que ficará responsável por reportagens especiais diretamente da Rússia, país-sede do próximo Mundial.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: “Pé na bunda traiçoeiro da ESPN”, diz José Trajano sobre demissão

Grisha ficará responsável pelas matérias especiais que vão mostrar todo o aquecimento e de como o país está se preparando, de todas as formas, para receber as seleções de todo o Mundo.

Mesmo russo, Grisha fala português fluentemente, algo que ele estudou para cobrir a Copa do Mundo de 2014, que aconteceu aqui no Brasil, o que o habilita para produzir conteúdo para o canal nacional.

O russo também trabalhou na cobertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. No entanto, essa é a primeira vez que ele vai atuar para um canal de fora da Rússia e em língua portuguesa.

Ele se torna o terceiro correspondente internacional da ESPN Brasil na Europa. Além de Grisha, os repórteres João Castelo Branco e Natalie Gedra também produzem conteúdos para a ESPN Brasil.

João e Natalie são residem em Londres e ficam focados na cobertura da Premier League, o Campeonato Inglês de Futebol, que é exclusivo da ESPN, e do futebol europeu de maneira geral.

Até o presente momento, apenas Globo, SporTV e Fox Sports estão confirmadas como emissoras que vão exibir a Copa do Mundo de 2018. A Band negocia com a Globo um sublicenciamento, e espera fechar essa questão ainda neste mês.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio