Especialista fala no Encontro sobre como agir quando filho vaza nudes de outra pessoa

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta segunda-feira (17) do Encontro com Fátima Bernardes, o programa repercutiu o caso dos pais que tiveram que pagar uma indenização para a ex do filho após o jovem vazar imagens da menina sem roupa, as famosas nudes.

O psiquiatra Marco Antonio Abud, que estava no matinal, falou sobre a polêmica. “A gente precisa entender que esse tipo de situação, de mandar mensagens, fotos ou vídeos de caráter sexual é muito comum. Alguns estudos mostram que isso ocorre em cada 1 entre 4 adolescentes”, contou o profissional.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Confrontar, punir, não costuma funcionar ou funciona por pouco tempo, porque a pessoa fica tolerante à punição e fica rebelde. Porém, a gente não pode não fazer nada, porque isso é uma coisa que traz consequências importantes. É até um crime”, apontou o médico.

Marco destacou que nem sempre o ato é feito por maldade. “Às vezes é uma característica de curiosidade, eles estão com hormônios sexuais à flor da pele, às vezes é por pressão do grupo, dos amigos, para ter o reconhecimento das outras pessoas”, destacou

“Depois, explicar as consequências disso, porque isso pode ferir outra pessoa, a família pode ser prejudicada, pode ter que responder judicialmente, além de expor uma pessoa, sem ser uma escolha dela”, concluiu Abud.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio