Especialista chama atenção para os riscos de abuso de álcool no BBB20

Publicado há 7 meses
Por Surenã Dias
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um tema que tem chamado a atenção no Big Brother Brasil 20 é o consumo abusivo de álcool pelos brothers. O caso tem expostos os participantes à situações delicadas, inclusive para sua própria saúde.

Depois de supostos casos de assédio sexual ou até mesmo pequenas situações de “fidelidade”, a produção tem alertado e punido os brothers pelo comportamento exagerado.No entanto, a cada festa um novo episódio acontece.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O CISA – Centro de Informações sobre Saúde e Álcool, organização referência nacional para a relação álcool e saúde, chama atenção sobre os riscos e perigo de beber grande quantidade de álcool em um período curto de tempo – conhecido como Beber Pesado Episódico (BPE).

“Em pequenas quantidades o álcool promove uma desinibição, mas com o aumento desta concentração o indivíduo passa a apresentar falta de coordenação motora, uma diminuição da resposta aos estímulos, fala pastosa e redução da capacidade de tomar decisões racionais ou de discernimento, podendo chegar, em casos extremos, à inconsciência e coma alcoólico”, explica o psiquiatra e presidente do CISA, Dr. Arthur Guerra.

Sobre o BPE, Guerra alerta que se trata de um padrão de consumo nocivo de álcool e está relacionado a maior risco de prejuízos imediatos, como intoxicação alcoólica (ressaca), quedas, envolvimento em brigas, sexo desprotegido e amnésia alcoólica.

Se frequente, o BPE pode aumentar o impacto negativo do álcool em diversos órgãos e sistemas, especialmente: trato gastrointestinal, fígado, pâncreas, sistema nervoso e sistema cardiovascular.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais