Especialista chama atenção para os riscos de abuso de álcool no BBB20

Publicado há um ano
Por Surenã Dias
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um tema que tem chamado a atenção no Big Brother Brasil 20 é o consumo abusivo de álcool pelos brothers. O caso tem expostos os participantes à situações delicadas, inclusive para sua própria saúde.

Depois de supostos casos de assédio sexual ou até mesmo pequenas situações de “fidelidade”, a produção tem alertado e punido os brothers pelo comportamento exagerado.No entanto, a cada festa um novo episódio acontece.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O CISA – Centro de Informações sobre Saúde e Álcool, organização referência nacional para a relação álcool e saúde, chama atenção sobre os riscos e perigo de beber grande quantidade de álcool em um período curto de tempo – conhecido como Beber Pesado Episódico (BPE).

“Em pequenas quantidades o álcool promove uma desinibição, mas com o aumento desta concentração o indivíduo passa a apresentar falta de coordenação motora, uma diminuição da resposta aos estímulos, fala pastosa e redução da capacidade de tomar decisões racionais ou de discernimento, podendo chegar, em casos extremos, à inconsciência e coma alcoólico”, explica o psiquiatra e presidente do CISA, Dr. Arthur Guerra.

Sobre o BPE, Guerra alerta que se trata de um padrão de consumo nocivo de álcool e está relacionado a maior risco de prejuízos imediatos, como intoxicação alcoólica (ressaca), quedas, envolvimento em brigas, sexo desprotegido e amnésia alcoólica.

Se frequente, o BPE pode aumentar o impacto negativo do álcool em diversos órgãos e sistemas, especialmente: trato gastrointestinal, fígado, pâncreas, sistema nervoso e sistema cardiovascular.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio