Éramos Seis dá rasteira em Nos Tempos do Imperador e será a substituta de Órfãos da Terra

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Globo promoveu uma pequena alteração na fila de suas próximas novelas para a faixa das 18h, de acordo com informações do jornalista Flávio Ricco. Inicialmente programada para estrear em outubro, na sequência de Espelho da VidaÓrfãos da Terra, a trama de Alessandro Marson e Thereza Falcão foi adiada para o primeiro semestre de 2020.

Diante disso, quem se promoveu foi a nova versão de Éramos Seis. A trama, segundo o cronograma original, substituiria a própria Nos Tempos do Imperador. Mas agora, com a mudança, vai passar na frente e garantiu seu lugar como sucessora de Órfãos da Terra. Esta, por sua vez, debuta em abril deste ano, assim que Espelho da Vida chegar ao final.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Diretores de Éramos Seis querem Fábio Assunção no elenco

Esta refilmagem de Éramos Seis, como se sabe, é a quarta adaptação do livro homônimo de Maria José Dupré para a televisão. A mais recente se deu em 1994 pelo SBT, com roteiro de Silvio de Abreu – por sinal, idealizador deste remake. Ângela Chaves será a encarregada de escrever a nova versão. Ela assinou como titular a supersérie Os Dias Eram Assim, ao lado de Alessandra Poggi.

Até segunda ordem, Glória Pires segue confirmada no papel principal. Ela viverá Dona Lola, matriarca de uma família de classe média paulistana entre as décadas de 1920 e 1940. Nicette Bruno e Irene Ravache, intérpretes da protagonista nas versões de 1977 e 1994, também estão garantidas no elenco desta nova versão. A direção será de Vinícius Coimbra.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais