Equipe de afiliada da Globo sofre ataque durante matéria; assista

Banhistas não gostaram da presença dos profissionais no local

Publicado há 21 dias
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na manhã desta segunda-feira (2), uma equipe da NSC TV, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina, foi vítima de agressão no momento que realizava uma reportagem na frente de um posto salva-vidas na Praia do Campeche, em Florianópolis.

A repórter Bárbara Barbosa e o cinegrafista Renato Soder preparavam uma matéria sobre a fiscalização na praia durante o feriado de Dia de Finados por causa do período de pandemia, até que foram atacados por banhistas que estavam no local.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pessoas ameaçaram quebrar a câmera usada por Renato e outros tirar o celular das mãos de Bárbara, que passou a filmar a ação. Em certo momento, uma mulher conseguiu pegar o aparelho da jornalista, mas o telefone depois foi recuperado.

Barbosa ficou com arranhões e marcas pelo corpo. Um boletim de ocorrência será registrado pelo canal, que também compartilhou uma nota de repúdio. “O ataque e a agressão à equipe da NSC, nesta segunda-feira na Praia do Campeche, são uma tentativa de impedir o trabalho da imprensa, de levar os fatos ao conhecimento público – o que é garantido pela Constituição Federal”, iniciaram.  

“Atitudes como esta, que infelizmente mostramos no Jornal do Almoço, estão se repetindo no país inteiro. Mas elas revelam e fortalecem a importância do nosso trabalho. Os agressores responderão pelos seus atos. E nós vamos continuar fazendo o que fazemos: jornalismo profissional, independente e essencial para a sociedade catarinense”, concluíram.

Assista:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais