Entrevistado solta palavrão ao vivo e Rodrigo Bocardi defende: “Realmente é pra tirar do sério”

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na edição desta terça-feira (30) do Bom Dia São Paulo, foi ao ar um link ao vivo da repórter Mariana Aldano que conversava com pessoas que tentavam agendamento para se vacinarem contra a febre amarela em Guarulhos.

Ao entrevistar um senhor, a jornalista foi surpreendida quando ele disse um palavrão. “Já tô há um mês tentando tomar essa vacina e ninguém tá conseguindo. Já não chega os buracos nas ruas que eles abrem, ainda fica essa p*taria dessa vacina”, disparou o homem, que logo foi interrompido pela Mariana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Bom, Rodrigo, a gente vai tentar entender direitinho, buscar informações oficiais para ver qual é o problema aqui com o agendamento”, concluiu a profissional.

Rodrigo Bocardi brinca com erro no Bom Dia São Paulo: “Sessão da Tarde?”

No estúdio do informativo, Rodrigo Bocardi defendeu a revolta do morador da região paulista. “A galera perde a cabeça porque é isso: madrugada, acorda cedo… A gente vê isso todo dia. E aí fala que tem agendamento no outro dia, quando chega tem essa confusão. É preciso o mínimo de organização por parte da secretaria de Saúde, do poder público, para que tenha o mínimo de respeito com o cidadão. Anunciar que vai ter um agendamento, que nem é a vacina, depois não ter… E no meio da madrugada… Realmente é pra tirar do sério”, avaliou o âncora do jornal.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio