Entre a cruz e a caldeirinha, Reginaldo pode ter que dar a mão da filha em casamento ao Conde Klaus

O contador da Bombom também perdeu dinheiro da fábrica de Ana Francisca

Publicado há 5 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Viciado em jogo, o contador Reginaldo (Antônio Grassi) está em maus lençóis em Chocolate com Pimenta. Sem perceber que era vítima de uma grande armação, ele se deixou levar pelo canto da sereia do dinheiro fácil ganho no baralho.

Para tanto, o Conde Klaus (Cláudio Corrêa e Castro), banqueiro de Ventura, convocou especialmente seu sobrinho Sebastian (Tarcísio Filho), muito hábil no carteado. A operação faz parte de um plano para fazer com que Reginaldo perca a confiança de Ana Francisca (Mariana Ximenes).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com as contas comprometidas e os balanços gerais provocando desconfianças em eventuais compradores, faz-se possível pelo menos adiar a venda da fábrica de chocolates Bombom, que lidera as atividades econômicas da cidade.

Esse é o objetivo de Klaus, do prefeito Vivaldo (Fúlvio Stefanini), do delegado Terêncio (Ernani Moraes) e de Jezebel (Elizabeth Savalla), cunhada de Ana, que não se conforma por não ter se apossado do patrimônio do irmão, Ludovico (Ary Fontoura).

No entanto, não contente em fazer com que Reginaldo perca muito dinheiro e até a casa em que vive, depois de um falso momento de sorte em que os ganhos foram muitos, o Conde Klaus o levou a apostar a mão da filha mais nova, Celina (Samara Felippo).

Partida perdida, devendo até as calças, a filha e muito dinheiro pego do caixa da fábrica, Reginaldo se vê em grandes dificuldades, claro. Jezebel nega a ele a ajuda que poderia dar. A própria Celina é que tentará fazer algo de concreto, pedindo ajuda a Ana Francisca.

Escrita por Walcyr Carrasco com a colaboração de Thelma Guedes, Chocolate com Pimenta vai ao ar no Viva às 15h30, com horário alternativo à 0h, de segunda a sábado.

Jorge Fernando respondeu pela direção de núcleo, e na equipe estiveram também Fabrício Mamberti e Fred Mayrink. A novela foi ao ar originalmente na TV Globo às 18h, entre setembro de 2003 e maio de 2004. No Vale a Pena Ver de Novo foi apresentada duas vezes: em 2007 e em 2012.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais