Emocionado, Lima Duarte se despede de Flávio Migliaccio: “Eu te entendo”

Colega citou Brecht para os que ficam: “Os que lavam as mãos o fazem numa bacia de sangue”

Publicado há 5 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Lima Duarte (90), gravou um vídeo em que, emocionado, se dirige ao ator Flávio Migliaccio, que cometeu suicídio e foi encontrado na última segunda-feira (4).

Eu te entendo, Migliaccio”, inicia o grande veterano. “Agora, quando sentimos o hálito putrefato de 64, o bafio terrível de 68. Agora, 56 anos depois – eu tenho 90, você com 85 -, quando eles promovem a devastação dos velhos, não podemos mais”, disse o ator, em uma referência aos recentes e constantes atos de defesa da ditadura militar e de minimização dos riscos da pandemia de coronavírus praticados por bolsonaristas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esta decepção com a situação do Brasil foi apontada por Migliaccio, em carta-manifesto deixada por ele. Lima Duarte, no início do vídeo, destaca que ambos viveram os horrores da ditadura e sonhavam com um Brasil melhor.

O ator chega a dizer que “não teve a coragem” de Migliaccio, mas pede que amigo espere por ele: “eu vou logo”. No final, “para os que ficam”, o ator cita trecho de “Os Fuzis da Senhora Carrar”, de Bertold Brecht: “Os que lavam as mãos o fazem numa bacia de sangue”.

Confira o vídeo:

Flávio Migliaccio foi encontrado morto, na manhã da segunda-feira (4), em seu sítio em Rio Bonito, no Rio de Janeiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais