Emissora pública do Amazonas ingressa na rede da TV Brasil

Publicado há um ano
Por Muka Oliveira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde
a última sexta-feira (20), a televisão pública do Amazonas é chamada
oficialmente de TV Encontro das Águas. A emissora é a mais nova
associada da Empresa Brasil de
Comunicação (EBC) e passa a exibir conteúdo próprio e da TV Brasil.

Com
isso, o canal amazonense integra a Rede Pública de Televisão. Para celebrar a
adesão, a TV Brasil já levou ao ar nesse fim de semana em rede nacional
performances gravadas com exclusividade pela TV Encontro das Águas, em Manaus,
durante o Festival Amazonas de Ópera (FAO).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O
presidente da EBC, Luiz Carlos Pereira
Gomes, participou da cerimônia de lançamento da nova fase da TV pública
amazonense, em Manaus. A partir dessa novidade, o veículo da Região Norte
repagina também a sua programação local.

O
contrato entre a TV Encontro das Águas e a EBC vai até março de 2020 e, com a
ampliação da colaboração, a transmissão e a troca de conteúdos entre as
empresas cresce. Até então, como parceira da EBC, a emissora amazonense
retransmitia sete horas e trinta minutos da programação da TV Brasil, tempo que
aumenta em duas horas.

Associados

“A EBC nos ofereceu que
passássemos de parceiros para associados, isso significa produções conjuntas,
que programas exibidos em Manaus poderão ser exibidos nacionalmente na grade,
bem como o contrário também ocorrerá”,
pontua o
presidente da TV Encontro das Águas, Oswaldo Lopes.

A
emissora pública do Amazonas existe há mais de 40 anos, tendo sido criada como
TV Educativa. A mudança de nome da TV pública amazonense faz parte da
construção da nova fase e inicia um ciclo de expansão, atualização e inovação.
Trata-se de estratégia para criar uma nova identidade, após pesquisa do Ibope
mostrar que a emissora ainda não conquistou uma marca própria de emissora
local. “Nesta gestão, o governador
do estado do Amazonas, Wilson Lima, determinou que fizéssemos uma remodelagem
da emissora, trazendo para o fim específico que é justamente educação e
cultura”,
explica Lopes.

Apoio
do governador

O
governador Wilson Lima, que é jornalista e esteve na EBC em agosto para
ampliação da parceria, ressalta a qualidade e a credibilidade da empresa. “O que eu tenho percebido ao longo dos
anos é o quanto a EBC tem melhorado, não só na qualidade da imagem, mas também
no conteúdo. Apesar dos avanços significativos nos processos de comunicação,
com a internet, redes sociais e grupos de conversa, os veículos tradicionais
ainda continuam sendo aqueles portadores de credibilidade”.
A nova TV
pública do Amazonas também comandará um canal de TV digital e gerador no
município de Parintins (AM).

Nas ondas do rádio

A parceria entre as empresas de comunicação pública também prevê maior cooperação para conteúdos de rádio. Como na televisão, haverá um intercâmbio de produções entre a rede local e a nacional. “Teremos a Rádio Nacional da Amazônia, do Rio de Janeiro e de Brasília para buscar conteúdo. São emissoras de rádio que estão sob o guarda-chuva da EBC”, destaca o presidente da TV Encontro das Águas, Oswaldo Lopes. A empresa vai inaugurar, até outubro, uma emissora FM e incluir parte da programação das Rádios EBC na grade.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais