Em tempo recorde, Record TV investe R$ 20 milhões para estrear canal em Manaus

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por causa de uma rebeldia de sua antiga afiliada no Amazonas, a TV A Crítica, a Record vai estrear nesta segunda (17) a Record TV Manaus. Que é uma filial própria da emissora paulista no estado do Norte do país. Para colocar no ar em exatos 36 dias – desde o anúncio da desfiliação até a estreia oficial -, a emissora não poupou esforços.

O Observatório da Televisão apurou que a Record TV gastou R$ 20 milhões para estruturar o canal local. Tirou o principal apresentador da sua ex-parceira – Clayton Pascarelli – e trouxe Fabíola Gadelha, pupila de Marcelo Rezende (1951-2017), de volta para sua terra natal. Além disso, já contratou ao todo, 200 profissionais, entre jornalistas, técnicos, entre outros cargos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fabíola vai apresentar a versão manauara do Balanço Geral, das 11h às 14h. O Amazonas tem fuso de uma hora em relação ao horário de Brasília. Dentro do programa, haverá a transmissão do quadro A Hora da Venenosa com Fabíola Reipert. E também espaço para denúncias de comunidade e forte conteúdo policial. Fabíola também preparou, na última semana, uma série de reportagens para levar ao ar no seu novo programa. 

Amazonas Record

O outro jornalístico, o Amazonas Record, será diferente do padrão usado em outras praças. Em vez de bancada, Clayton Pascarelli apresentará o jornal em pé, e focará bastante em comunidade e polícia, além do resumo do dia para o telespectador de Manaus. A exibição será das 18h05 às 18h50. Pascarelli conversou com o Observatório da Televisão e se disse empolgado com a estreia de seu novo projeto. 

“Vai ser um telejornal com a apresentação mais informal que eu aprendi ao longo destes quase 14 anos. Sem bancada e o mais próximos das pessoas possível, que é o jeito Record TV de ser”, afirmou o âncora, que mostra estar empolgado com a chegada da Record em Manaus com um canal próprio. “Espero que o público goste tanto quanto a minha equipe está empolgada”, concluiu. 

Desde 2007, a Record TV tinha a TV A Crítica como sua parceira em Manaus. Ex-afiliada do SBT, a emissora era considerada uma afiliada rebelde: não respeitava padrões de grade de programação e cortava atrações nacionais. O Cidade Alerta, de Luiz Bacci, por exemplo, não era exibido para Manaus desde fevereiro de 2018. 

No entanto, segundo a TV A Crítica, não se tinha um contrato de afiliação havia dois anos. As negociações iam e vinham, com ambas querendo coisas diferentes. Em maio, as duas desejaram o fim da parceria e assim o anunciaram. No início de junho, de surpresa, a TV A Crítica deixou de transmitir o sinal da Record TV – o divulgado é que até este último domingo (16), A Crítica ficaria com o sinal. No dia 3, a antiga afiliada cortou os laços.

Estreia em Manaus ainda têm sinal irregular

Entre os dias 03 e 06 de junho, a Record TV ficou sem sinal no Amazonas. Isso acelerou o processo de implantação do canal 36.1, uma antiga frequência de uma afiliada da Record News. Contando a compra do prédio no centro de Manaus, investimentos em tecnologia, cenários, contratação de pessoal e aumento da potência de transmissores, foram investidos R$ 20 milhões. 

O sinal do novo canal na Grande Manaus ainda está irregular, segundo relatos de moradores da capital amazonense nas redes sociais. A Record TV diz ter três transmissões em várias partes da cidade. E ainda que o sinal ficará restabelecido e será o melhor da região metropolitana. Técnicos de São Paulo estão trabalhando neste assunto. 

Entretanto, profissionais de jornalismo de São Paulo também vieram implantar o projeto. João Batista é o diretor responsável pela nova emissora de Manaus. Fabíola Gadelha e Clayton Pascarelli serão bem pagos para apresentar os telejornais. Fabíola manteve um padrão de pagamento que tinha na capital paulista, enquanto Pascarelli virou o apresentador mais bem pago do Amazonas. 

Executivos, apresentadores e até sete governadores de vários estados estão em Manaus para a festa de inauguração. A expectativa é que, em pelo menos um ano, a Record TV Manaus já esteja na vice-liderança de audiência na Grande Manaus. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio