Em reta final, Laços de Família teve audiência sugada por reviravoltas em Esmeralda, do SBT

O insucesso de Porto dos Milagres fez o folhetim mexicano crescer ainda mais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O sucesso de Laços de Família em sua exibição original, entre 2000 e 2001, não foi o suficiente para barrar a rápida ascensão da versão mexicana de Esmeralda, transmitida pelo SBT à mesma época. Por cinco meses, o folhetim de Manoel Carlos dividiu quase meia hora diária com a trama de Salvador Mejía protagonizada pelos renomados Letícia Calderón e Fernando Colunga.

Esmeralda assumiu o lugar de A Mentira no mês de outubro daquele ano e elevou uma audiência que já era boa, fechando com média geral de 14 pontos. Sua estreia registrou 16 pontos no ibope e teve uma leve queda em dezembro. Ao mesmo tempo, o atual cartaz do Vale a Pena Ver de Novo já estava muito bem engrenado com o público.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No entanto, a partir da 15ª semana, logo no início de janeiro quando Esmeralda entrou em sua segunda fase e a protagonista passou a enxergar após uma cirurgia, com isso, o SBT começou a bater uma sequência de recordes, que em sua última semana chegou a incríveis 20 pontos.

A alta nos números do SBT ocasionaram um incômodo na Globo, que via Laços de Família com pontuais demoras para subir os números durante os primeiros minutos após a entrega do Jornal Nacional.

Os mais de 45 pontos conquistados com frequência pela história de Helena, Camila e Edu, que ganharam ainda mais impulso com a tão aguardada cena em que Camila (Carolina Dieckamnn) raspa a cabeça, perderam o fôlego e só voltaram a ser registrados novamente depois após algumas semanas.

Há quase 20 anos atrás, Globo e SBT, em determinados horários competiam fortemente na audiência e dividiam o público à frente da TV. O jornalista Daniel Castro, do Notícias da TV, ainda como colunista da Folha de S. Paulo, informava o sucesso de Esmeralda também contra Porto dos Milagres, novela de Aguinaldo Silva que substituiu Laços de Família.

“É muita audiência para uma novela mexicana, que para o alívio da Globo, acaba nesta semana”, dizia a publicação de 26 de fevereiro de 2001.

Reprodução Folha de S. Paulo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio