Em programa de TV, Xuxa fala sobre o início da carreira, críticas e ataques contra Sasha: “Desagradável e perigoso”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Longe da TV desde o fim de março, quando comandou a final da primeira temporada do The Four Brasil, Xuxa Meneghel cedeu uma entrevista para Gilberto Gil na segunda temporada de Amigos, Sons e Palavras, atração que o músico comanda no Canal Brasil, informou Patrícia Kogut.

Durante a conversa, a estrela falou sobre as críticas que recebe na
web. “É uma coisa absurda. De vez em quando vira moda me detonar. Só o fato de
eu existir parece que já é uma coisa esquisita. Me detonam pela minha imagem,
por aquilo que eu falo, por eu estar envelhecendo ou por eu ser uma mulher e
ter conquistado coisas que outras mulheres não conquistaram. Dizem que eu falo algumas
coisas só para aparecer”, apontou a loira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A famosa relembrou que no começo da carreira, a situação não foi
diferente. “Recebi críticas de todos os lados. Principalmente por não estar
preparada. Algumas eu entendi e até aceitei. Mas outras eu não aceitava muito,
quando eram vinculadas à minha imagem”, analisou.

“Eu não aceitava o título de ‘loura burra’ que está ali só para
tirar proveito de alguma coisa. Nem o fato de as pessoas não aceitarem meu
relacionamento de seis anos com a pessoa mais pública do Brasil e do mundo, o
Pelé. Isso durou dos 17 aos 23 anos. Eu fui apedrejada algumas vezes”, falou a
artista.

Com relação aos haters, a comunicadora disse se incomodar quando
atacam Sasha. “Eles sabem que, se machucarem a minha filha, vão estar me
machucando. Isso é desagradável e é perigoso porque é uma menina. Se alguém
mexe com a sua família, com as suas filhas, é infinitamente pior. E você se
sente culpado. Quando é comigo, pode vir porque eu já estou ‘cascuda’”,
concluiu Xuxa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio