Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Análise

Em A Fazenda 13, Dayane relembra violência sofrida por Marina e afirma: “Não é uma mulher forte”

Modelo faz análise psicológica de momento vivido por influencer com antigo namorado

Publicado em 29/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Em A Fazenda 13, Dayane Mello não entende o que é empatia ou sororidade. A peoa que, recentemente, afirmou que Solange Gomes gostava de apanhar, resolveu atacar Marina Ferrari novamente, mas dessa vez não sobre seu corpo, e sim a respeito de suas condições psicológicas.

Em conversa com Dynho Alves e Sthe Matos, a modelo fez uma análise do interior da peoa, que, para ela é uma pessoa vazia: “Alguma coisa falta. Ela tem a marca dela, ela tem o dinheiro dela, ela é influencer. Mas, o que que falta? Eu consigo ver nos olhos dela que alguma coisa falta”.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Além disso, Dayane tem certeza que ela sofreu algum trauma que a faz ser assim tão passiva, pois aceitava um namorado violento: “Quando eu tava contando aquele dia do meu namorado, que ele quebrava a casa inteira, ela falou uma frase que ficou na minha cabeça. Que o namorado queimava ela, chegava a queimar ela com o cigarro. Ela falou ‘é, eu tive um namorado que me batia e que me queimava'”.

Por isso, para a modelo, Marina Ferrari precisa de ajuda pois não é uma mulher forte e não precisava aguentar tudo o que ela passou : “Meu, pra uma mulher aguentar isso, ser maltratada dessa maneira de um homem, é porque psicologicamente ela não é uma mulher forte”.

Fique por dentro da cobertura completa de A Fazenda 13 no Observatório da TV e em nosso canal no YouTube! 

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....