Elza joga Vanessa contra Ana Paula: “Temos que defender o que é nosso!”

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A face oculta de Elza (Elizabeth Dupeyrón) irá ficando cada vez mais clara nos próximos capítulos de A Que Não Podia Amar. Após causar a morte do próprio marido, Frederico (Humberto Elizondo), a socialite arquiteta um plano para seguir mantendo Ana Paula (Ana Brenda Contreras) afastada de sua família.

“Mamãe, meu pai sempre dizia que… que gostaria de ser enterrado junto com meus avós”, comenta Vanessa (Mar Contreras), ainda abalada pela perda do pai. “Não! Temos que cremá-lo”, corta Elza imediatamente. “Já disse ao David (Jorge Aravena). Quero que o velório seja aqui em casa.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Como aqui em casa? Tem que ser na melhor funerária da cidade!”, reage Vanessa, inconformada. “Não! Temos que ficar aqui. Controlar quem entra e quem não. Pro caso de ela vir aqui”, insiste Elza. “A Paula? É bom que ela não se atreva por que não respondo por mim!”, concorda Vanessa.

“Precisamos evitar o escândalo. Vamos cremar o seu pai! Porque temos que defender o que é nosso! Impedir que essa bastarda possa pedir um exame de DNA”, explica Elza, maquiavélica. “O quê? Como você pode ter o sangue tão frio pra pensar assim? Não te dói nenhum pouquinho a morte do meu pai?”, exclama Vanessa, indignada com o calculismo de sua mãe.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Que Não Podia Amar

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio