Elza de O Tempo Não Para, Nathalia Serra fala sobre assédio, situação vivida pela personagem: “A gente não pode se calar”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Tempo Não Para, após ser enganada por Emílio (João Baldasserini) e passar informações sobre a Samvita para o cafajeste, Elza (Nathalia Serra) também será vítima de assédio moral feito por Livaldo (Nelson Freitas).

Leia: O Tempo Não Para: Dom Sabino se alia a Bento para destruir Livaldo

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eles são dois machistas, assediadores morais e, quem sabe, sexuais. Como é aparentemente sozinha e vive para o trabalho, Elza tem uma carência e fica mexida quando acha que um homem está enxergando nela mais do que uma profissional competente”, analisou a estrela ao jornal Extra.

Saiba mais: O Tempo Não Para: Carmen pede ajuda a Agustina para dissuadir Dom Sabino

“Ela quase comete o mesmo erro de se deixar levar pelo jeito galanteador de Livaldo, mas, dessa vez, está mais ligada. Consegue se impor e não cai no jogo dele. A linha tênue entre o elogio respeitoso e o constrangedor confunde a vítima. Mas se houver constrangimento, é assédio e ponto”, declarou a famosa.

A atriz disse nunca ter sofrido algo parecido. “Não tenho nenhum caso grave de assédio que tenha sido um marco na minha vida, mas mulheres são assediadas moral e sexualmente todos os dias”, observou a artista.

“É muito difícil viver numa sociedade machista como a nossa e ficar tranquila. A gente está o tempo inteiro em alerta. Ser mulher por si só já nos coloca numa situação vulnerável. É por isso que a gente não pode se calar. Feminismo nos dá voz e não é mimimi”, concluiu Nathalia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio