Eliminada do No Limite, Angélica explica estratégia e faz as pazes com Mahmoud

A modelo revelou porque votou no sexólogo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eliminada do No Limite nesta terça (18), Angélica participou de um bate papo com Ana Clara Lima e falou sobre sua experiência no reality.

A modelo afirmou que sua personalidade forte pode ter sido um dos agravantes para a saída da competição, já que ela foi escolhida em votação direta contra Gleici.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além de explicar a treta com Íris no primeiro episódio do programa, Angélica falou também sobre a rixa com Mahmoud. O sexólogo ficou bravo após combinar votos com a modelo e depois descobrir que a própria havia indicado ele.

“Resolvi advogar por mim e votei nele estrategicamente, mas não tenho nada contra ele. Votei para me defender”, revelou.

A surpresa maior aconteceu quando Mahmoud entrou na transmissão e eles puderam esclarecer a briga. Angélica perguntou se o rapaz estava bravo com ela. “No dia que fui eliminado fiquei bravo… Fiquei bravo mais uns dias e depois passou. Tô tranquilo, gente”, respondeu o sexólogo.

Mahmoud explicou ainda que pretendia ser parceiro de Angélica na competição. “Eu sentia que eu e a Angélica éramos excluídos. Se a Angélica saísse, eu ia ser o segundo, caso a equipe perdesse a prova… [Por isso] Não seria vantajoso a Angélica sair. [Se ela] Votasse junto comigo para tirar um deles que ia votar na gente, a gente ia se safando”, destacou.

Angélica disse que entendeu o lado do amigo, mas lembrou que ele mesmo falou para que ela seguisse o seu coração. Ao final, eles fizeram as pazes. “Minha casa tá aberta pra você. Você tem que me visitar”, convidou a modelo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio