Eleições “ignoradas”: SBT é a última emissora a anunciar a vitória de Bolsonaro

Publicado em 30/10/2018

Enquanto muitos estavam curiosos para acompanhar a apuração do segundo turno das eleições, para o SBT parece que nada estava acontecendo.

A emissora praticamente ignorou o fato ao não fazer uma cobertura da contagem dos votos, bem como anunciar o eleito com um certo “atraso”.

Segundo levantamento do colunista Ricardo Feltrin, o SBT foi o último canal a divulgar que Jair Bolsonaro foi eleito o novo presidente do Brasil.

Para ter ideia, foram mais de 40 minutos de atraso em relação ao primeiro anúncio na televisão, feito pela Rede TV!.

Ou seja, enquanto todos comentavam o resultado das eleições, a emissora de Silvio Santos se limitava à grade tradicional, exibindo o Jogo das Fichas.

Leia mais: Silvio Santos proíbe candidatura de funcionários do SBT às eleições

SBT atrasa ao anunciar vitória de Bolsonaro

A cobertura jornalística das eleições não foi o ponto forte do SBT na noite de domingo (28).

Enquanto as concorrentes se voltavam especialmente às notícias em tempo real, o canal exibia a mesma programação de sempre.

O corte foi realizado apenas às 20h50 para exibir o primeiro discurso de Jair Bolsonaro após a vitória nas urnas.

Ainda assim, o pronunciamento foi cortado de forma seca, sem alguém dar detalhes se a cobertura continuaria.

Foi apenas na madrugada que a emissora deu maior atenção aos acontecimentos.

Leia mais: Faustão faz desabafo antes do resultado das eleições. “Quanto mais desavença e intolerância, pior para o Brasil”

Emissora fica abaixo da concorrência

As concorrentes, porém, se voltaram totalmente à cobertura das eleições.

Enquanto a Globo batia recorde de audiência, a Record TV ficava em segundo lugar no ibope.

Por outro lado, as emissoras não foram tão ágeis quanto a Rede TV!.

Mesmo com um jornalismo limitado, o canal foi o primeiro a declarar Bolsonaro eleito.

Já a Band anunciou a vitória do candidato do PSL às 20h15 ao exibir uma vinheta “Bolsonaro (PSL) é eleito presidente” durante o programa do Datena.

Vale salientar que parte de uma ordem de Silvio Santos evitar interromper programas para cobrir eventos em tempo real, por mais importantes que sejam.