Eduardo Sterblitch fala sobre carreira no Pânico: “Aprendi fazer televisão na porrada, sangrando”

Publicado há um ano
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Eduardo Sterblitch está bastante animado com a repercussão de seu personagem em Éramos Seis, sua estreia nas novelas. Ele vem recebendo elogios não só do público, mas também dos especialistas e se considera um sortudo por tudo estar dando certo.

Em recente entrevista ao Observatório da Televisão, Sterblitch comentou se acredita ter sofrido algum preconceito por parte dos colegas de trabalho, por ter feito parte feito parte do programa Pânico. Mas segundo ele, nunca gostou muito de fazer a parte cobrir festas na atração.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu nunca fui essa pessoa de pegar muito com os artistas, eu fui mais de pensar personagens, de fazer coisa no estúdio, de criar quadros novos”, afirmou o ator. Logo depois ele revelou que não sentiu nenhum preconceito, até porque tem uma carreira longa e lutou muito por isso.

“A pessoa que vem do tablado, que faz teatro desde os três anos e veio do Pânico, eu acho que é casca grossa também. Então por pior que eu seja, tem que respeitar, porque eu aprendi fazer televisão na porrada, sangrando”, concluiu Eduardo Sterblitch.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais