Eduardo Mossri fala sobre Órfãos da Terra: “A novela levantou uma reflexão”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o médico sírio Faruq de Órfãos da Terra, trama das 18h de Duca Rachid e Thelma Guedes, Eduardo Mossri, que é neto de libaneses, fez um balanço sobre a produção, que exibirá seu último capítulo nesta sexta-feira (27).

“É um tema familiar. Então, pude fazer essa troca entre o pessoal e o profissional, misturando as experiências dos meus avós com as do personagem”, declarou o astro à colunista Patrícia Kogut.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Acredito que, além de entreter, a novela levantou uma reflexão, com cuidado e respeito, sobre como o Brasil pode acolher os refugiados e entender que eles contribuem socialmente para o país”, refletiu o famoso.

O artista está há quatro anos em cartaz com a peça Cartas Libanesas, na qual fala sobre os avós, que chegaram no Brasil nos anos 40. “Infelizmente não pude conhecer meu avô, mas minha avó morreu com 98 anos e tivemos uma relação bem próxima”, disse o astro.

“Ela relatou várias situações, principalmente as dificuldades de não pertencer a este lugar e ter que reconstruir a vida e se readaptar com outro idioma”, concluiu Eduardo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais