Eduardo Barão estreia como correspondente da Band nos EUA: “Expectativa enorme”

O jornalista falou sobre o novo desafio na carreira

Publicado há 5 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eduardo Barão estreou nesta segunda-feira (25) como novo correspondente do Grupo Bandeirantes de Comunicação em Nova York, nos Estados Unidos. Depois de 15 anos de trabalho na BandNews FM em São Paulo, o jornalista decidiu deixar o Brasil com a família, mas continuará participando da programação da emissora.

Em breve ele irá ancorar um noticiário nacional. “Antes de lançarmos esse novo projeto, vou ter entradas diárias nas rádios BandNews FM e Bandeirantes, no canal BandNews TV, na Band e também no esporte, então vai ter bastante coisa. Todo mundo vai conseguir me ver ao longo do dia em algum desses veículos. Vou estar cada vez mais presente em diferentes canais do rádio ou da televisão”, garante.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A chegada ao país americano em meio à pandemia do novo coronavírus não o assusta. Inclusive, ele aproveitará o momento para mostrar a retomada da rotina após o surto da doença.

“Estou numa expectativa enorme. Já conheço Nova York, mas por causa da pandemia é uma situação completamente diferente de qualquer outra época. As notícias estarão muito mais ligadas a isso considerando a rotina de lá”, destacou.

“Como os americanos estão um passo à frente do nosso, quero tentar identificar como vai ser o retorno da atividade comercial e talvez seja algo bacana para seguirmos no Brasil ou não, dependendo do que eles acertarem ou errarem”, analisou.

Segundo Barão, a mudança já era um desejo antigo e surgiu em um momento oportuno para ele e para sua mulher, Michelle Achkar, que é jornalista e instrutora de meditação.

“Sempre tive o sonho de morar fora. Já vivi um tempo nos Estados Unidos, mas eu queria proporcionar isso para os meus filhos (Rafael, de 11 anos, e Tomás, de 8). Minha esposa conseguiu uma bolsa de mestrado para estudar nos EUA e isso acabou unindo as ideias”, disse.

A despedida, no entanto, não foi fácil. Barão deixou a BandNews FM no dia 20 de maio, mesmo dia em que a rádio comemorou seus 15 anos de existência. “O que mais me marcou ao longo desses anos foram as grandes coberturas, como Copa do Mundo, Olimpíadas, e algumas tragédias, como a morte do Boechat”, falou.

“Também levamos ao ar durante todo esse tempo as trocas de presidentes, governadores, mas o que nunca vou esquecer mesmo é da parceria com o pessoal da redação e com os ouvintes. Convivi com aquelas pessoas mais do que com a minha família. Sempre foi muito intenso, mas muito prazeroso trabalhar na BandNews, que tem uma característica especial, e isso é para sempre”, diz.

O público poderá continuar acompanhando o âncora diariamente, só que um pouco mais distante. “Espero que gostem desta nova fase. O Barão continuará sendo o Barão em qualquer lugar do mundo”, conclui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais