“É triste”, afirma Maria Cândida sobre envelhecer na TV

Publicado há 2 anos
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Maria Cândida segue galgando novos rumos para sua carreira. Ela, que ainda segue no ar através de reprises na TV Aparecida, já se prepara para a ‘despedida’ da TV. Seu caminho agora é totalmente voltado ao Youtube, onde ela vem investindo em um canal de troca com público, em debates e assuntos mais abertos e próximo de quem realmente ela é.

A jornalista e apresentadora teve passagens por diversas emissoras como Globo, SBT, Record TV e TV Aparecida. Seus maiores destaques ficam por conta de coberturas do Oscar, entrevistas com astros e estrelas de Hollywood, reportagens marcantes ao SBT Repórter e muito entretenimento na Record TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Maria Cândida é a chamada, apresentadora completa, já fez de tudo e continua indo de A a Z quando o assunto é trabalho. Durante uma entrevista ao programa Morning Show, da Jovem Pan, a jornalista falou abertamente sobre os imbróglios que envolvem ‘envelhecer na TV’ e contou se irá abandonar a carreira nas telinhas. Confira:

Leia também: Globo é detonada na internet após afastamento de Fernando Rocha: “Audácia”

Transição da TV para o Youtube

Fefito questionou a decisão da jornalista em deixar uma carreira consolidada na TV para se aventurar na internet. “Você está abrindo mão de um programa na TV que, em tese, é onde o dinheiro está, para fazer Youtube. Foi difícil desistir da televisão?”

A apresentadora afirmou que sim, que foi muito difícil, mas que não estava desistindo da TV. “Foi o contexto. Eu já estou com essa historia de entrar no youtube há muito tempo. É que eu não sabia o que fazer. Mas eu não saí da TV. Eventualmente eu posso fazer alguma coisa na TV. O Youtube ainda não me dá dinheiro, mas vai dar, eu acredito nisso.”

Quando o assunto é se ela considerava a TV uma coisa ultrapassada, Maria Cândida diz: “A gente tem uma massa que assiste TV, que é uma massa com mais de 50/60 anos. Na TV Aparecida era muito assim. Todas as pesquisas indicavam mais de 50”.

“Envelhecer bem, é uma questão. Mas envelhecer na TV, como é isso”? Perguntou outra entrevistadora. “Envelhecer na TV é triste. Ao contrario dos Estados Unidos, onde eles têm âncoras e âncoras supervalorizados, que quanto mais idade, mais experiência você agrega. Aqui no Brasil, há 10 anos atrás era assim, se você estava com 50 anos: ‘Ah, tá ficando velha’”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio