Dublador de A Que Não Podia Amar estará na novela global A Dona do Pedaço

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pela primeira vez em muito tempo, um mesmo ator integrará ao mesmo tempo o elenco fixo de uma produção da Globo e outra do SBT. O autor dessa façanha é Duio Botta. O mato-grossense de 32 anos que se divide, desde 2006, entre as funções artísticas de ator, cantor e dublador.

Depois de mais de dez anos de estrada, o rapaz acaba de garantir sua estreia no visadíssimo horário nobre global. Será dele o papel de Jardel, motorista da heroína Maria da Paz (Juliana Paes) em A Dona do Pedaço. O folhetim de Walcyr Carrasco substituirá O Sétimo Guardião a partir de maio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já o debute no SBT se dará um pouco antes. A partir de 8 de abril, Duio poderá ser visto – ou melhor, ouvido – diariamente em A Que Não Podia Amar. Produzida em 2011, a trama mexicana somente agora será exibida pelo SBT. Ele empresta sua voz ao vilão Elias (Fabián Robles). Peão da fazenda onde se passa a história, o personagem é amante da sensual Cíntia (Susana González), irmã de seu patrão.

Como ator de novelas, Botta teve sua primeira experiência em Dance, Dance, Dance (2008), da Band. A chegada à Globo se deu há pouco tempo, em 2016, para viver Raul em Eta Mundo Bom. Mais recentemente, ele fez uma ponta em Verão 90, como um jornalista sensacionalista que assedia Quinzinho (Caio Paduan) na porta de uma delegacia.

Pupilo de Silvio Santos

A incursão pela dublagem de folhetins mexicanos deu-se um pouco mais tarde. Ele começou dublando André (Nicolás Mena) em Coração Indomável (2013). Depois, atuou ainda na “versão brasileira” de folhetins como A Gata (2014) e Querida Inimiga (2017) até ‘viver’ seu primeiro protagonista latino: o Carlos (Horacio Pancheri), de Um Caminho Para o Destino (2016).

Sua relação com o SBT, porém, é ainda mais antiga do que se pensa. Duio Botta foi um dos concorrentes da competição musical Ídolos, de 2006. Embora não tenha ficado entre os vencedores, conseguiu emplacar um tema de seu repertório, Amnésia, na trilha sonora da novela Revelação (2008). Mais tarde, ele atuou por dois anos no quadro Jovens Talentos, do Programa Raul Gil, entre 2010 e 2011.

Com informações do jornalista Gabriel Perline, do site Notícias da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais