“Dóris hoje seria amada”, diz Regiane Alves sobre papel em Mulheres Apaixonadas

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assim como muitos de seus colegas globais, Regiane Alves não se faz de rogada quanto o assunto é militar politicamente e criticar as mazelas e contradições da sociedade atual.

Na última quinta-feira (11), a atriz usou seu perfil pessoal no Twitter para relembrar uma das personagens mais marcantes de sua carreira – a vilã Dóris, da novela Mulheres Apaixonadas (2003) – e relacioná-lo com o contexto moderno. A publicação teve mais de 12 mil likes e quase 2,5 mil retweets.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Os tempos estão tão estranhos que, se eu fizesse a Dóris nos dias de hoje, seria amada”, lamentou Regiane. Para quem não se lembra, Dóris revoltou o Brasil durante a trama de Mulheres Apaixonadas pela forma como maltratava os avós, Leopoldo (Oswaldo Louzada) e Flora (Carmen Silva). À época, Regiane chegou a apanhar na rua por conta das maldades que ‘cometia’ na ficção.

Em outro tweet, Regiane reproduziu o que, em sua compreensão, poderia facilmente ser uma fala de algum ‘fã’ de Dóris na atualidade. ” ‘Esses senhores [Leopoldo e Flora] vivem de mimimi. A Dóris só diz a verdade e o que todo mundo tem vontade de dizer, mas não dizem. E que ‘cholem’ mais!’ “, ironizou a atriz, cujo papel mais recente na telinha foi outra vilã, Mariacarla, na novela O Tempo Não Para.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio