Domingo Show faz mistério envolvendo Mamonas Assassinas e web reage: “Programa brega e chato”

Publicado há um ano
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No Domingo Show deste domingo (11), Geraldo Luís relembrou a trajetória dos Mamonas Assassinas, grupo formado por jovens da região metropolitana de São Paulo que fez enorme sucesso nos anos 1990. O apresentador foi até a casa da família do vocalista Dinho, morto num acidente aéreo em 1996, e demorou cerca de 1 hora 20 minutos para revelar que sua mãe, Dona Célia, colocou à venda um sítio, primeiro presente que o músico deu para a família.

A propriedade conta com 5 mil metros quadrados, e segundo o irmão de Dinho, Marcos, a decisão de colocar o imóvel à venda partiu de todos, pois é um local que não tem mais utilidade para a família. Inclusive, Marcos, foi outra surpresa do programa da Record TV, que resolveu esconder o rosto dele para mostrar apenas no palco se ele era ou não parecido fisicamente com o irmão famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dinho em ilustração hipotética de seu rosto aos 48 anos no Domingo Show (Reprodução)

Nas redes sociais, o programa recebeu críticas, tanto por sua demora, quanto pela escolha em destacar um mistério sobre o rosto do irmão, que segundo ele próprio contou, nunca teve vontade de aparecer ou dar entrevistas. A produção do programa pediu a um artista que desenhasse como seria o rosto de Dinho, hoje aos 48 anos, caso estivesse vivo. A atração segundo dados prévios oscilou entre 3 e 6 pontos de audiência no período que ficou no ar. Confira as reações dos internautas:

https://twitter.com/luahandras/status/1160622659710963719
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais