Domingo Espetacular terá reportagem polêmica com Stênio Garcia

O ex-global vai acabar abrindo o jogo sobre o trabalho

Publicado há um mês
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Domingo Espetacular desta semana, dia 20/09, exibe uma entrevista exclusiva com Dudu Braga, filho do cantor Roberto Carlos. O músico comenta o novo diagnóstico de câncer que recebeu. Ele ainda relata como seu pai reagiu à notícia de que enfrentará a doença pela terceira vez.

No quadro “Por Onde Anda”, Stênio Garcia, dentre outros assuntos, fala sobre desavenças com um famoso autor de novelas. O ator se diz perseguido por Silvio de Abreu, que teria tomado partido de sua ex-mulher, a atriz Cleyde Yáconis (1923 -2013), quando ele decidiu encerrar o casamento após 11 anos de união.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu me separei da Cleyde de uma maneira muito cruel, até do ponto de vista dele. Depois eu conversei, acabei ficando amigo dela”,  explica o ator. Embora tudo tenha acontecido no final dos anos 1960, Abreu, que era amigo da artista, não teria perdoado até hoje a atitude de Stênio. “Ele teve uma implicância comigo”, afirma.  

Polêmica

A atual esposa de Stênio, Marilene Saad, abre o jogo: “Quem tá com a caneta é o Silvio de Abreu. Ele riscou o nome do meu marido e a gente soube por autores, não vou falar nomes, que tentaram diversas vezes escalar o Stênio e o Silvio de abreu (dizia): ‘Olha,  se começar a insistir, tiro a tua novela”.  

Já o ator tenta falar de forma bem-humorada sobre o boicote de seis anos que teria sofrido. “Quando ele tomou uma posição de direção artística, ele era um diretor, autor que não sabia escrever pra mim, não queria escrever ou não gostava. De repente, me achava baixinho, feio… Isso é uma brincadeira que eu faço. Eu fiz algumas coisas com ele. A verdade é que eu sempre me dediquei, sempre quis fazer bem”, explica.

Ele ainda fala sobre como conquistou seu espaço sem ter o estereótipo de galã. “O que que é um grande ator? Altura não tenho, sou baixinho, não tenho o padrão do homem de cinema, que é identificado o artista como ator americano, alto, louro. Eu não sou, então, busquei a figura brasileira”, conta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais