Domingão do Faustão: 23ª edição do Troféu Domingão celebra os melhores talentos de 2018

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último domingo (09), o Domingão do Faustão promoveu a 23ª edição do Troféu Domingão – Melhores do Ano. Apresentado por Fausto Silva, a cerimônia aconteceu ao vivo no Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

Veja também: Luis Lobianco dedica Prêmio no Faustão para o marido: “Sem ele eu não estaria aqui”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assim como em anos anteriores, a cerimônia premiou nomes do entretenimento, do jornalismo e da música. Os vencedores foram escolhidos pelo público como os grandes destaques do ano em suas respectivas áreas de atuação.

Com 14 categorias, de três indicados cada, e uma categoria especial homenageando três talentos, 17 artistas receberam a estatueta do prêmio. “No Troféu Domingão, conseguimos misturar estilos, idades e até gerações, com muito respeito e caráter”, destacou Fausto.

A primeira categoria apresentada, Ator/Atriz Mirim, revelou o pequeno Davi Queiroz, de apenas 5 anos, como vencedor. “Estou muito feliz com o prêmio. Foi muito legal participar da novela Segundo Sol. Só tinha ganhado prêmios no futebol e no judô e também só conhecia o Faustão pela televisão”, contou o ator, que se destacou pelo personagem Badu.

Em seguida, pela categoria Jornalismo, Sandra Annenberg conquistou o maior número de votos pela quarta vez na história da premiação. “Cada ano é diferente, mas como esse foi um dos anos mais difíceis, com um grande volume de notícias, o prêmio tem um sabor ainda mais especial”, disse a jornalista. Em seu discurso, Sandra ainda fez questão de dedicar o troféu a todos os jornalistas do Brasil e do mundo.

Estreantes na tela da Globo

A terceira categoria, Atriz Revelação, mostrou que Bella Piero conquistou os espectadores. A jovem atriz garantiu o feito por conta de sua atuação na novela O Outro Lado do Paraíso, na qual deu vida à personagem Laura.

“Não imaginava ganhar esse prêmio. Estava concorrendo com atrizes que eu admiro tanto. A Laura não foi só uma personagem. Essas mulheres existem na nossa sociedade. Com o capítulo do julgamento na novela, o número de denúncias relacionadas a assédio triplicou”, contou.

Luis Lobianco foi considerado o Ator Revelação por seu trabalho em Segundo Sol, na pele do personagem Clovinho. “O Clóvis foi o meu primeiro personagem em novela, que é muito diferente de cinema, teatro e internet. Eu fui muito feliz com esse trabalho: o personagem caiu no gosto do povo, em uma parceria com a Talita Carauta que vou levar para vida. É resultado de um trabalho feito com muito amor e dedicação”, afirmou o ator que tem uma longa trajetória de 25 anos no teatro.

Show no Humor

Na sequência, o troféu foi entregue a quem fez rir bastante durante o ano. Na categoria Comédia, Eduardo Sterblitch, que concorreu ao lado de Marcelo Adnet e Welder Rodrigues, levou o prêmio por seu trabalho no programa Tá no ar: a TV na TV. “É a minha primeira vez no ‘Melhores do Ano’ e estrear com uma vitória significa… nossa, já posso morrer!”, brinca o comediante, comemorando a vitória.

Queridinhos do ano

Na disputa pelo título de Atriz Coadjuvante, por sua atuação como Rosa de Segundo Sol, Letícia Colin saiu vitoriosa. “Participar desse prêmio é tão emocionante! Estou muito feliz, radiante mesmo. É uma noite de celebração e encontros incríveis porque nas gravações de ‘Segundo Sol’ formamos uma família mesmo. Então, hoje, eu vim celebrar esse prêmio com os meus colegas do elenco”, disse.

Logo após, Fausto Silva revelou o vencedor da categoria Ator Coadjuvante: Chay Suede por Ícaro de Segundo Sol. “Acredito que o fato de o Ícaro ser amado e odiado semanalmente fez com que o público se identificasse com ele. Cada personagem tem um jeito, uma cara, uma temperatura, mas este foi muito especial. Construímos uma família nessa novela”, lembrou.

Destaques na música

Para anunciar a categoria Cantora, o Domingão contou com uma transmissão especial. Diretamente de Goiânia, onde estava por conta de um show, Anitta foi a eleita do público e comemorou muito. “Agradeço a todos que votaram, ao meu público. Foi um ano muito especial para mim. A tudo o que tem acontecido na minha carreira, aqui no Brasil e fora também, eu sou muito agradecida”, disse.

Os ganhadores da categoria Música do Ano foram Zé Neto e Cristiano. A dupla sertaneja ganhou o título pelo hit Largado às Traças. “Estar aqui, com esse troféu nas mãos, é uma sensação indescritível! Estamos muito felizes. Todo mundo se identifica com o sertanejo. Acho que isso contribuiu para estarmos aqui hoje, com esse prêmio na mão”, comemoraram.

E teve também quem venceu pela 11º vez. Luan Santana, de novo, deixou os Estúdios Globo com um troféu nas mãos. O artista foi escolhido como Cantor. “A cada virada de ano, eu reflito sobre o que vem pela frente. Estou sempre buscando surpreender os fãs. Estou muito feliz, realizado. O prêmio sempre nos dá um gás, é uma motivação”, disse.

Talentos nas séries

Patrícia Pillar conquistou o troféu pela categoria Atriz de Série. A atriz atuou como Cássia em Onde Nascem Os Fortes. Feliz com o reconhecimento, ela ressaltou o significado do prêmio.

“É muito especial, com 34 anos de profissão, ainda vibrar e sentir esse frio na barriga. ‘Onde Nascem os Fortes’ é uma trama forte, que retrata toda uma região. Acho que o público se sensibilizou com a dor dessa mãe. Agradeço muito aos fãs e a todas as pessoas que votaram em mim”, afirmou.

Em seguida, Fausto Silva anunciou o vencedor da categoria Ator de Série: Alexandre Nero. O ator conquistou o troféu por seu trabalho em Onde Nascem Os Fortes, onde interpretou o personagem Pedro Gouveia.

“Tenho um orgulho imenso de ‘Onde Nascem os Fortes’ e acredito que essa é uma das obras mais lindas que a gente já fez. Jamais serei melhor que o Lázaro Ramos e o Rodrigo Lombardi, mas é muito bom estar aqui com os amigos”, disse Nero, em referência aos atores que concorreram com ele ao título.

Protagonistas do ano

Na categoria Atriz de Novela, Giovanna Antonelli foi a ganhadora. “A gente não vem pensando se vai ganhar ou perder. Estamos aqui representando os artistas do nosso Brasil. Esse prêmio que o Faustão faz é uma oportunidade de agradecer e comemorar com o público. O resultado disso é amor! Estou sem palavras para agradecer. Muita gratidão e felicidade”, definiu a atriz, que conquistou o troféu por Luzia, seu papel em Segundo Sol.

Já o Ator de Novela foi Sérgio Guizé, o Gael de O Outro Lado do Paraíso. “Realmente não esperava (ganhar o prêmio). O importante é que o personagem foi lembrado. Queria agradecer aos amigos que fizeram a novela, que assistiram, que votaram. Estou muito feliz”, comemorou.

Homenagem especial

Ao final da noite, Fausto anunciou Personagem do Ano – a categoria especial não foi aberta à votação. Nela foram prestigiadas três grandes atrizes que marcaram o ano com personagens fortes da dramaturgia por seus talentos, entrega e dedicação.

São elas: Adriana Esteves, que deu vida a Laureta, de Segundo Sol; Fernanda Montenegro, que viveu Mercedes, e Marieta Severo, intérprete de Sophia – ambas de O Outro Lado do Paraíso.

O Troféu Domingão – Melhores do Ano tem direção de Henrique Matias. Apresentado por Fausto Silva, o Domingão do Faustão tem direção geral de Henrique Matias e direção artística de Jayme Praça.

Confira todos os vencedores da 23ª edição do Troféu Domingão – Melhores do Ano:

ATOR/ATRIZ MIRIM

Davi Queiroz

JORNALISMO

Sandra Annenberg

ATRIZ REVELAÇÃO

Bella Piero

ATOR REVELAÇÃO

Luis Lobianco

COMÉDIA

Eduardo Sterblitch

ATRIZ COADJUVANTE

Letícia Colin

ATOR COADJUVANTE

Chay Suede

CANTORA

Anitta

ATRIZ DE SÉRIE

Patrícia Pillar

MÚSICA DO ANO

Largado às Traças (Zé Neto e Cristiano)

ATOR DE SÉRIE

Alexandre Nero

ATRIZ DE NOVELA

Giovanna Antonelli

ATOR DE NOVELA

Sérgio Guizé

CANTOR

Luan Santana

PERSONAGEM DO ANO

Adriana Esteves

Fernanda Montenegro

Marieta Severo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio