Dogão de Malhação, Giovanni Gallo diz que já foi vítima do que o rebelde faz: “Sofri bullying”

O astro destaca a transformação pela qual o estudante passa

Publicado há um mês
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Responsável por ter interpretado o Dogão de Malhação: Viva a Diferença, Giovanni Gallo revelou de qual forma construiu o personagem, um aluno rebelde que vai parar no Cora Coralina após a escola na qual estuda passar por reformas.

“Busquei inspiração em alguns amigos e em alguns momentos da adolescência em que sofri bullying. Tentei resgatar memórias do que era o clima escolar. Muitas vezes, os valentões eram pessoas carentes, que não conheciam a linguagem do amor e do respeito. E a forma de se expressarem, normalmente, era uma forma agressiva e errada”, disse o astro ao Gshow.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O famoso descreveu o estudante como alguém que não aprender a lidar com os próprios sentimentos. “Por conta disso sempre usa um comportamento indisciplinado e, como válvula de escape, acaba aprontando, para, de certa forma, chamar a atenção. Acho que ele é um personagem muito inteligente, que tem uma visão de mundo muito interessante para sua idade”, refletiu o ator.

O artista enalteceu a produção. “Foi extremamente bem escrita, cheia de complexidade nos personagens e nuances, como é realmente a adolescência na vida real. A trajetória do personagem é belíssima”, declarou Giovanni, dando ainda spoilers do folhetim.

“Ele muda no final conseguindo controlar suas emoções e aprendendo como se posicionar no mundo. Nunca o considerei um personagem ruim, apenas um adolescente que precisava ser escutado e ter uma segunda chance”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais