Diretor Pedro Vasconcelos explica saída da Globo: “TV é desgastante”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conforme publicamos recentemente, o diretor Pedro Vasconcelos decidiu deixar a Globo após muitos anos de serviços prestados – na frente e atrás das câmeras.

Escalado para a direção artística de Além da Ilusão, novela das seis que estreará futuramente na emissora, o profissional deixou o projeto e foi substituído por Luiz Henrique Rios.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao jornal O Globo, Pedro explicou a decisão. “Se vissem a cara do meu filho de 12 anos quando falei que não iria mais fazer novelas, todos entenderiam. É de cortar o coração. Eu sou muito comprometido com o trabalho”, disse.

Além disso, ele contou como é o trabalho de um diretor nos bastidores das novelas. “Fico um ano preso lá dentro fazendo novela. É da minha natureza passar 18, 20 horas trabalhando. Achei melhor parar. Não quero terminar como (os diretores) Jorge Fernando, Roberto Talma, Paulo Ubiratan e Walter Avancini, que saíram direto para o cemitério”.

Decidido, Pedro conta que a rotina árdua começou a afetar a sua saúde. “Quando você percebe, a vida passou, e os estragos na saúde estão feitos. O trabalho na TV é desgastante. Não me sentia mais em condições de saúde. Acho que estou na idade corretinha de reformular tudo e ter uma vida mais simples e tranquila”.

Ainda com contrato vigente, o diretor está em conversas com a Globo para que seu desligamento aconteça da melhor forma. Responsável por sucessos como Império, A Força do Querer e Espelho da Vida, ele pretende se dedicar a novos projetos, como o curso Ponto de Virada e um filme sobre Maurício de Sousa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio