Diretor de Gênesis promete “linguagem de série” para novela bíblica

Folhetim estreia no dia 19 de janeiro

Publicado há uma hora
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A superprodução Gênesis, que estreia no dia 19 de janeiro na Record TV, foi além dos efeitos cinematográficos: a produção apostou em diversas computações gráficas para obra.

O diretor da novela, Edgard Miranda, explica melhor os eventos com grande magnitude que o enredo oferece. “Até o capítulo 11, a gente tem uma quantidade de efeitos especiais absurda: a gente tem a queda de Lúcifer, a gente tem o Éden (a primeira moradia deles), a Torre de Babel, a Arca de Noé, então, assim, todos esses cenários envolvem muitas computações gráficas“, relatou. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda, para se adaptar à realidade da pandemia da covid 19, o diretor da ficção disse que precisou emular o Marrocos, onde gravaram parte das cenas, nos estúdios de gravações da Record TV no Rio de Janeiro.

Por conta do novo coronavírus, a gente não tem, hoje em dia, como contar com 5 mil figurantes, então, isso faz com que seja um processo de multiplicação de efeitos especiais muito grande. Estou tendo que emular o Marrocos aqui no Rio de Janeiro até termos a vacinação e podermos viajar de novo. O que mais vai chamar atenção são os primeiros 11 capítulos, mas os 150 capítulos contam, sim, com muito efeito“, finalizou. 

A influência do diretor é voltada para obras cinematográficas. Ele explicou a escolha e disse que a linguagem de telenovela tornaria a história de Gênesis estranha.

Temos eventos com uma grandiosidade e magnitude absurda, como a Arca de Noé, a sequência de dilúvio, a entrada dos animais na Arca, a Torre de Babel, então, assim, nosso referencial, realmente, é cinematográfico. Todo mundo, os diretores, consomem filmes e séries. Então, nosso referencial é esse. O espectador vai ver uma linguagem muito mais de série. A ideia era fazer melhor e, com certeza, o resultado que o público vai ver no ar é algo que nunca foi visto antes“, finalizou. 

A novela Gênesis é escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, com direção geral de Edgard Miranda. A trama que estreia no próximo dia 19 de janeiro, às 21h, será dividida em sete fases e possui mais de 250 atores no elenco.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio