Diagnosticado com câncer, Mr. Catra fala o que mudou em sua rotina ao descobrir doença

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mr. Catra, um dos funkeiros mais populares do Brasil, nunca escondeu da mídia e de seus fãs a vida boêmia e, digamos, de exageros que costumava levar no seu dia a dia. No entanto, desde o momento em que foi diagnosticado com um câncer, o artista precisou colocar o pé no freio. Em conversa com Fábio Porchat no Programa do Porchat que vai ao ar hoje, dia 17/04, ele fala sobre as transformações em seu corpo e no seu modo de vida a partir do momento em que descobriu ter um tumor. “O mais difícil foi diminuir o ritmo de trabalho. Sou funkeiro. Agora bebo água com gás”, afirma.

Leia também: Os 50 anos de carreira de Glória Pires, uma das mais admiradas atrizes brasileiras

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fora isso, o cantor, que perdeu 35 kg desde o início do tratamento, conta que precisou passar por uma reeducação alimentar e eliminar o álcool, por exemplo, de seu cotidiano. “Eu me desintoxiquei. Parei de virar a noite e estou me cuidando mais”, diz Catra, que tomou conhecimento da doença após a realização de um check-up. Aos 49 anos, ele confessa que passou a ver o mundo de outra forma.

O outro convidado da noite e que participará da conversa com Catra é o médico Antonio Sproesser, que dá dicas de saúde no programa “Hoje em Dia”, da Record TV. Entre outros assuntos abordados, ele comenta o fato de os homens, em sua maioria, evitar ir a consultas médicas. “O homem tem de medo de ir ao médico”, diz ele, que alerta para o grande número de casos de câncer de pele e de próstata na população masculina. O talk show ainda exibe mais uma edição do quadro “Checando o Canal”, desta vez no bairro do Tatuapé, em São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio