Dia de susto e sangue no presídio de Supermax

Publicado há 4 anos
Por Endrigo Annyston
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Supermax é para os fortes. Cada vez mais assustados, debilitados e sedentos por uma saída do confinamento, os participantes vão enfrentar muito sangue, suor, susto e correria. Gravemente ferida após cair numa armadilha, Sabrina (Cléo Pires) é socorrida por Dr. Timóteo (Mário César Camargo) e Bruna (Mariana Ximenes), depois de ser levada por Sérgio (Erom Cordeiro) de volta à ala principal do presídio.

Para a atriz Cléo Pires, Sabrina, que chegou com uma postura de liderança e personalidade forte, fica mais frágil e vulnerável do que nunca. “Foi uma cena supercomplicada. O mais difícil foi entrar em estado de pânico de uma hora para outra. Mas a preparação me ajudou muito para isso. Fizemos vários exercícios que chegavam a esse estado”, conta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo debilitada e inconsciente, não vai ter moleza para a psicóloga. Cecília (Vânia de Brito) tem uma leve melhora da doença, volta a circular pelo presidio e logo mostra que já não é inofensiva. Com olhos amarelados e espumando pela boca, a ex-socialite ataca Sabrina, trava uma briga corporal com Artur (Rui Ricardo Dias) e se esconde do grupo em cenas que mostram situações cada vez mais estranhas. “A gente tinha uma sintonia muito grande e a cena foi muito ensaiada, muito delicada. Os efeitos visuais também me marcaram, foram cenas bem fortes”, conta a atriz Vânia de Brito.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio