Deus Salve o Rei: Rodolfo se recusa a assinar a separação e enfrenta Catarina

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rodolfo (Johnny Massaro) está muito decepcionado depois que percebeu as reais intenções de Catarina (Bruna Marquezine), em Deus Salve o Rei, na Globo. Agora, ele se viu numa situação muito complicada, já que perdeu o trono para seu irmão Afonso (Romulo Estrela) e a vilã está passando pelo imbróglio ilesa, como se não tivesse cometido nenhum crime. Porém, ele promete puxá-la para o fundo do posso. Confira.

“Então, finalmente a documentação está pronta?”, perguntará Catarina. “Prontíssima. Basta que assinem e estarão oficialmente separados”, dirá Lucrécia. “Me dê este papel! Vamos acabar logo com isto”, dirá Catarina e, na sequência, assinará o documento. E dirá: “Sua vez, Rodolfo”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Rodolfo finge ser vítima da peste para se manter em Montemor, em Deus Salve o Rei

“Eu não irei assinar”, dirá Rodolfo, surpreendendo todo mundo. “Não darei a separação a você, Catarina”, afirmará Rodolfo. “Claro que dará. Que tolice é esta?”, perguntará irritada. “Como assim, Rodolfo? Do que você está falando? Ele está brincando”, dirá Lucrécia.

“Por que você deseja tanto essa separação, Catarina? Como você é incapaz de dar um passo sem ganhar algo, fico pensando o que haverá por trás do desejo de separar de mim”, dirá Rodolfo. “O período que passei ao seu lado foi a pior fase da minha vida. Não é motivo suficiente?”, perguntará Rodolfo.

“Pois saiba que para ele foi igual: você só o fez perder seu tempo. E perdeu também um bom dinheiro… E perdeu popularidade. E prestígio”, falará Lucrécia. “Por favor, saia!”, afirmará Rodolfo. “Ouviu? Ele quer que você saia”, falará Lucrécia a Catarina. “Não, Lucrécia, você é quem deve sair”, corrigirá Rodolfo.

“E por que eu deveria…”, dirá Lucrécia. “Agora! Por favor”, pedirá Rodolfo. Lucrécia sairá. “Rodolfo, você é mesmo um ser absolutamente risível. O que quer, dessa vez? Acha que ainda terá chances comigo?”, perguntará Catarina. “Fosse você a última mulher viva no mundo, mesmo assim eu preferia morrer a tê-la perto de mim, novamente”, rebaterá Rodolfo.

“Eu sei bem como é esse sentimento, diversas vezes desejei a morte ao tê-lo ao meu lado. Principalmente em minha cama”, insistirá Catarina. “Seu desprezo por mim hoje é indolor. E recíproco. Mas se me vê como um barco naufragando na tempestade, tenho uma má notícia: você irá para o fundo, ao meu lado”, avisará o ex-rei.

“Você não poderá fazer nada contra mim. Nada!”, rebaterá Catarina. “Claro que posso! Eu contarei a verdade a todos”. “Nós já conversamos sobre isso. Você sabe que será igualmente punido”, falará a vilã. “Eu já estou sendo punido, Catarina! Enquanto você está aí… livre. Planejando seu próximo passo. Quem sabe até não voltará a ser rainha de Artena?! Ela fica assustada com as ameaças de Rodolfo. Tudo o que me restou é desfrutar de um único prazer: o de revelar a todos que você mantém o seu pai, o Rei Augusto, apodrecendo num cárcere!”, argumentará Rodolfo.

“Você não ousaria cometer tal loucura!”, falará Catarina. “Talvez, ao menos uma vez na vida, eu lhe surpreenda. Nosso crime é o mesmo… mas você o cometeu contra seu próprio pai. O que torna tudo muito mais grave”, concluirá.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio