Deus Salve o Rei: Rodolfo obriga Orlando a cumprir voto de castidade ao se tornar Patriarca da Fé

Publicado há 3 anos
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos próximos capítulos de Deus Salve o Rei, Rodolfo (Johnny Massaro) depois de mudar algumas regras no reino e colocar Orlando (Daniel Warren) como novo Patriarca da Fé, irá deixar o rapaz decepcionado após não ceder aos seus desejos.

Rodolfo estará reunido com Orlando, Petrônio (Leandro Daniel) e Cássio (Caio Blat). Orlando faz algumas anotações no livro da nova religião. “Para que seja respeitada e seguida pelo povo, nossa nova doutrina religiosa deve ser, acima de tudo, austera.”, diz Rodolfo que logo em seguida começa citar pontos que poderiam ser mudados. “Estão mantidos todos os feriados religiosos. E serão feriados também, a partir de agora, o dia de meu nascimento, o dia de minha coroação e o dia de meu batismo.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Saulo será surpreendido com pedido de Romero

Cássio tenta avisar ao rei para tomar cuidado, pois algumas mudanças podem impactar a relação com os súditos. Ele não se preocupa muito e segue ditando as novas ordens, como por exemplo, a novidade que o vinho passará a ser liberado inclusive aos domingos em todo o reino.

Veja também: Rodolfo surpreende Montemor e anuncia casamento surpresa com Catarina

“Majestade… penso que há muitas condutas da antiga doutrina que devem ser preservadas. Como, por exemplo, as que dizem respeito aos sacrifícios e penitências referentes aos religiosos, incluindo o Patriarca da Fé.”, Petrônio tenta avisar e cita também o voto de castidade do Patriarca. Orlando fica perplexo e implora para que o voto de castidade seja extinto, tenta convencer Rodolfo de que será discreto, mas não adianta. “Lamento, Orlando, mas você terá que se submeter a este… pequeno sacrifício. “Visando a purificação da alma, o Patriarca da Fé deverá fazer o mais rigoroso voto de castidade, sendo completamente vedado a ele todo e qualquer prazer da carne.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio