Deus Salve o Rei: Catarina provoca Amália ao falar sobre Afonso

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Catarina (Bruna Marquezine) está minando o relacionamento de Amália (Marina Ruy Barbosa) e Afonso (Romulo Estrela), em Deus Salve o Rei, na Globo. A moça quer criar uma intriga entre os mocinhos para que ela, de fato, tenha o caminho livre para se casar com o galã. Ela se apaixonou perdidamente por ele e, agora, quer ser rainha e tê-lo como rei. Confira.

“Amália, eu queria mesmo falar com você… Eu estava pensando… você foi com Afonso enfrentar Otávio, lutar pelas terras de Artena. E então me ocorreu que nós duas temos um mesmo objetivo: a reconstrução de nossa terra natal”, dirá a vilã. “Isso é verdade, queremos a mesma coisa”, concordará Amália.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Catarina pede para Afonso não deixá-la porque ela o ama, em Deus Salve o Rei

“Sei que já tivemos nossas diferenças no passado, mas eu gostaria de deixar esses desentendimentos para trás”, falará Catarina. “Não creio que possamos nos tornar amigas, Catarina”, rebaterá. “Eu não esperaria tanto. Mas nada impede que tenhamos um bom convívio”. “Um bom convívio… durante o pouco tempo em que você passar aqui? Porque tenho certeza que em breve Afonso a mandará para outro lugar”, avisará a protagonista.

“É provável. Apesar do que… não era bem isso que esperava dele quando o ajudei”, jogará o veneno Catarina. “Quando o ajudou? Não compreendo”. “Quando lhe dei dinheiro para que pudesse comprar os guardas e fugir da pedreira”. “Eu não sabia que você tinha feito isto”, estranhará Amália. “Estranho. Afonso não lhe contou?”.

“Não sabia que prisioneiros da Pedreira podiam receber visitas”. “Quando se é uma rainha como eu, minha influência pode me levar a qualquer lugar. Portanto, não foi difícil conseguir alguns momentos a sós com Afonso”. “Foi bastante ousado da sua parte trair seu marido desta maneira”, dirá Amália segurando a raiva.

“Não havia mais condições de Rodolfo continuar governando. Ele entregou parte de Artena a Otávio! O que viria depois? Enfim, o importante é que, no final, tudo acabou dando certo. Aliás, você deveria me agradecer”. “Agradecer…?”, perguntará Amália. “Se eu não tivesse ajudado Afonso a fugir, ele não teria salvo sua vida”. “Eu já agradeci… mas a Afonso. Em todos os dias da minha vida lembrarei da coragem dele em me resgatar daquele lugar em chamas. Pelos braços dele eu renasci. E garanto a você: renasci muito mais forte”, concluirá.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio