Deus Salve o Rei: Brice revela a Agnes episódio em que quase foi queimada viva

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A presença do Inquisidor (Stênio Garcia) em Montemor tem movimentado a trama de Deus Salve o Rei, na Globo. Agnes (Mel Maia) começou a ter visões com o religioso e vai perguntar mais sobre ele a Brice (Bia Arantes). A feiticeira revelará que quase foi queimada viva, 30 anos antes, em um fogueira por causa do homem. Confira.

“Não adianta tentar ler meus pensamentos, Agnes, eles pertencem a mim! Você só vai conseguir saber o que eu estou pensando se me perguntar”. “Eu queria saber mais sobre o homem que vi em minha visão… O Inquisidor”. “Aquele homem diz que age em nome de Deus, mas não passa de um assassino frio e cruel. Dom Bartolomeu já interrogou, torturou e mandou para a fogueira centenas de mulheres”, revelará.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Caçador de bruxas decide prender Amália, em Deus Salve o Rei

“Ele já te perseguiu também?”, indagará. “Mais de uma vez. E, numa delas, eu estive muito perto de ser queimada viva”, contará. Neste momento entrará uma cena de flashback. “Me largue! Você não pode me prender!”, dirá Brice sendo jogada em uma carroça-jaula, com truculência. “Você será consumida pelo fogo, bruxa maldita! Arderá na fogueira! E, depois, voltará para o inferno, de onde uma criatura como você jamais deveria ter saído!”, dirá o Inquisidor.

De volta a conversa, Agnes perguntará: “E como você escapou…? Você usou seu dom para sair daquela jaula?”. “Meu dom não é capaz de soltar correntes e nem de romper grades de ferro…”. “Então, como você conseguiu se livrar da fogueira?”.

O flashback outra vez: “Você?!”, dirá Brice ao ver um homem na carroça. Ele quebra o cadeado com um pé-de-cabra. Ela sorri, agradecida. Na conversa com Agnes: “Um homem de boa alma me salvou. E serei eternamente grata a ele”. “E quem era esse homem?”. “Um amigo… um velho amigo”, concluirá mexida pela lembrança.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio