Deus Salve o Rei: Augusto e Constantino se enfrentam por causa da Catarina

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com a filha sequestrada por Constantino (José Fidalgo), Augusto (Marco Nanini) vai dar de cara com o vilão, em Deus Salve o Rei, da Globo. O rei estará junto a Demétrio (Tarcísio Filho), quando o duque aparecerá a postos com seus capangas.

“Enfim mostra a tua face, sequestrador. Ainda que preferisse nunca mais vê-la diante de mim”, afirmará Augusto. “Asseguro à vossa majestade que não me sinto nem um pouco orgulhoso de ter feito o que fiz. Mas o senhor bem sabe que eu não tive outra escolha”, argumentará Constantino.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Amália duvida que Virgílio seja mau-caráter, em Deus Salve o Rei

“Sempre há outras escolhas”. “Não diante de uma pena de morte. Mas, enfim… no final das contas, nunca conseguimos fugir de nossos destinos”. “Típico! É típico de um covarde atribuir ao destino as consequências de suas escolhas”, falará o rei.

Neste instante, Demétrio interromperá: “O rei deseja concluir imediatamente este assunto, duque”. “Apesar de tudo, eu tinha apreço por vós. Amava sua filha e estou seguro de que vossa majestade teria sido para mim o melhor dos sogros”, dirá Constantino ignorando Demétrio.

“E você o mais cínico dos genros. Amava minha filha?! E para provar seu amor a sequestra?”. “Bom, eu estava tentando ser cordial, mas… acho melhor irmos logo direto ao assunto. O nosso acordo é…”. Augusto interromperá e afirmará que não existe acordo e nem existirá. “Vim aqui apenas lhe dizer que não lhe darei uma só moeda, duque”.

“Muito bem, nesse caso… não entendo o que estamos fazendo aqui”. “Eu exijo que você entregue minha filha imediatamente!”. “Vossa majestade não está em condições de exigir absolutamente nada! É melhor que vá embora e comece a providenciar o funeral de vossa filha”, avisará o vilão. “Catarina irá comigo”, rebaterá o rei.

“E como pretende conseguir isso, majestade? Qual é o vosso argumento que será capaz de fazer com que eu mude de ideia?”. “Este!”, responderá o pai de Catarina.

Neste instante, o exército de Artena aparece, com Afonso, e deixando bem claro que Constantino está cercado.

“Até o fim do dia, Constantino. Você tem até o fim do dia para libertar minha filha e evitar o massacre de sua tropa de renegados”, concluirá Augusto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio