Deus Salve o Rei: Amália pede para Afonso tirar Catarina do castelo e ele se recusa

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Amália (Marina Ruy Barbosa) está mesmo desconfiada de Catarina (Bruna Marquezine), em Deus Salve o Rei, na Globo. A protagonista não acredita que a vilã esteja agindo por pura bondade, nos últimos tempos, e prefere vê-la bem longe do castelo de Montemor. Com isso, ela vai pedir para o rei Afonso (Romulo Estrela) mandar Catarina para outro lugar, porém, a resposta não será positiva. Confira.

“E então? Encontrou comida suficiente no castelo para o povo que marchou conosco?”, perguntará Afonso. “Ainda não fui à cozinha. Acabei encontrando com Catarina antes”, responderá Amália. “Pelo visto ela já está melhor”. “Não só melhor, como ficou muito surpresa em me ver. Eu achei a reação dela bem estranha…”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Rodolfo finge ser vítima da peste para se manter em Montemor, em Deus Salve o Rei

“Por quê? É normal que muitas pessoas tenham ficado surpresas. Você estava foragida, ninguém teria como saber que você já tinha sido encontrada”, argumentará o galã. “Afonso… Catarina não poderá ficar neste castelo por muito tempo”. “A situação de Catarina é delicada. Ela não teve qualquer responsabilidade pelo que Rodolfo fez com o reino. Com o tempo, ela também se tornou uma vítima dele”.

“Por que você está defendendo Catarina?”, indagará a mocinha. “Não se trata de defendê-la, mas de senso de justiça. Lembre-se que eu a encontrei na masmorra, Amália! Catarina foi presa porque queria dar água do castelo ao povo!”. “Catarina nunca faz nada que não seja por interesse próprio”, rebaterá Amália.

“Dessa vez, ela fez. Várias testemunhas disseram o quanto ela se empenhou para amenizar o sofrimento de todos. O próprio Romero falou da ajuda que Catarina deu aos soldados e…”. “Para Catarina é fácil comprar o amor do povo com um pouco de água e pão, Afonso”.  “Você está sendo injusta. Catarina tem defeitos e qualidades, como todos nós. Além disso, você não sabe que…”.

“Chega! Eu prefiro não falar mais sobre aquela mulher”, dirá Amália. “Independente de qualquer coisa, Catarina não cometeu crime algum. E em breve, ela deverá voltar a ser a rainha de Artena”. “O rei Augusto é quem deveria voltar ao trono de Artena”, rebaterá a mocinha. “Concordo! Mas ninguém sabe onde ele está. Quando Rodolfo ganhou a guerra, Augusto fugiu e, estranhamente, até hoje não retornou. Enfim, esse é outro problema que eu preciso resolver. Há muita coisa a ser feita. Mas eu lhe prometo que enquanto Catarina estiver aqui, ela não terá qualquer tipo de influência neste castelo”.

“Quanto a isso eu tenho minhas dúvidas. Catarina sempre encontrará uma forma de influenciar as pessoas ao seu redor”, avisará Amália. “Isso não irá acontecer”, garantirá Afonso. “E você não poderia mandá-la para outra propriedade do reino?”. “Por enquanto, não. A verdade é que ela ajudou o povo. Se eu expulsá-la agora, serei cobrado por isso! Tenha um pouco mais de paciência, meu amor. É tudo o que eu lhe peço”. “Não confio em Catarina, Afonso… e para o bem do seu reinado, você deveria fazer o mesmo”, concluirá.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais