Deus Salve o Rei: Afonso tenta convencer Otávio a evitar derramamento de sangue

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Deus Salve o Rei, na Globo, Afonso (Romulo Estrela) decidiu enfrentar Otávio (Alexandre Borges), mesmo sabendo das graves consequências. O rei da Lastrilha tomou o reino de Artena, que é de interesse direto de Montemor.

O medo, agora, é que ele se prepare para atacar o principal reino da Cália. Com isso, uma guerra será instaurada e um derramamento de sangue poderá ocorrer. Mas Afonso tentará, no último minuto, convencer Otávio a desistir do enfrentamento. Confira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Catarina tenta matar Delano e é flagrada por Afonso, em Deus Salve o Rei, na Globo

“Otávio, ainda há tempo para você evitar um derramamento de sangue. Basta que você parta agora e…”, argumentará Afonso. “Artena me pertence! Eu não recuarei um passo sequer!”, rebaterá Otávio. “Artena é um reino soberano! Tem uma rainha! Tem um povo! Eu estou lhe dando uma chance… poupe a vida de seus soldados!”, insistirá Afonso.

“Afonso… eu não tenho medo das suas ameaças”, deixará claro, Otávio. “Muito bem… Se você quer sangue, é sangue que terá. Prepare-se para a batalha!”, afirmará Afonso, que recuará para perto de Romero e seu exército.

Ainda em Deus Salve o Rei: Afonso flagra Delano saindo do quarto de Catarina

Em Deus Salve o Rei, na Globo, Afonso (Romulo Estrela) ficará intrigado ao ver Delano (Jaedson Bahia) saindo do quarto de Catarina (Bruna Marquezine). Ele hesitará, mas vai optar por confrontar a vilã, que, claro, dará uma desculpa esfarrapada. Na verdade, o capanga foi avisá-la que não conseguiu matar Diana (Fernanda Nobre), conforme o combinado. Confira.

“Catarina!”, afirmará ao entrar no quarto. A megera e Lucíola ficarão muito surpresas. “O que Delano estava fazendo aqui no seu quarto?”, perguntará o rei de Montemor, causando tensão em Lucíola. Mas Catarina pensará rapidamente em uma desculpa. “Amanhã eu vou até a igreja, agradecer a Deus por não ter acontecido nada de mau com o nosso filho… e pedi para que o capitão Delano providencie uma escolta. Você não quer ir comigo?”, questionará.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio