Deus Salve o Rei: Afonso perde mais uma batalha no Conselho da Cália

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Deus Salve o Rei, na Globo, Afonso (Romulo Estrela) estava esperançoso de ficar por um tempo com as terras de Artena para evitar uma guerra no futuro, já que Catarina (Bruna Marquezine) está prestes a se casar com Otávio (Alexandre Borges). Porém, uma decisão do Conselho de Cália deixará o rei de Montemor muito chateado. Confira.

“Majestades, Catarina ainda não é rainha de Artena por um único motivo: o rei Augusto continua desaparecido, mas não há nenhuma evidência de que ele esteja morto”, argumentará Afonso. “O rei Augusto está desaparecido há meses, não há mais razão para esperar. A menos que isso tudo seja uma desculpa para que o rei Afonso continue tendo domínio sobre aquelas terras”, afirmará Otávio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Catarina propõe a Virgílio aliança, em Deus Salve o Rei, na Globo

“Eu dei minha palavra que Artena se tornará independente e Catarina será coroada”, rebaterá Afonso. “Então cumpra com a sua palavra! O povo de Artena não pode ser impedido de voltar à sua terra só porque o rei está desaparecido! Principalmente quando há uma rainha a ser coroada de forma legítima”, dirá Otávio.

“A quem quer enganar, Otávio, fingindo se preocupar com o povo de Artena?! Você só está interessado no lucro que essas terras vão lhe dar!”, dirá. “Acalmem-se! Desde que o rei Otávio enviou a mensagem convocando esta reunião, nós do Conselho estudamos o caso. E descobrimos um precedente… Anos atrás, o rei de Masseria ficou desaparecido por um longo período. Foram meses de incertezas e discussões a respeito de quem tomaria seu lugar. Até que, por fim, ele foi dado como morto. De forma que, agora, há um entendimento sobre essa questão”, falará o rei de Alfambres.

“E qual é este entendimento, majestade?”, perguntará Otávio. “Se dentro de seis meses um rei desaparecido não der pistas de seu paradeiro, ele pode ser considerado morto”. “É exatamente o caso do rei Augusto!”. “Augusto não está morto!”, contrariará Afonso. “Como pode ter tanta certeza? Vossa majestade enviou cartas a todos os reinos pedindo pistas sobre o rei Augusto”, dirá o rei de Alfambres.

“E nenhum de nós conseguiu encontrá-lo! Se o rei Augusto estivesse vivo, estaria aqui, no Conselho, onde é o lugar de um rei da importância dele”, falará Otávio. “Se vossa majestade prometeu declarar a independência de Artena, deve cumprir com a vossa palavra”, avisará o rei de Alfambres.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio