Descubra como Chaves foi parar na grade do SBT

Gerente do núcleo de dublagem à época, Lage insistiu para que o dono do Baú apostasse no enlatado mexicano

Publicado há 4 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso entre várias gerações, o seriado mexicano Chaves conquista o público até os dias de hoje na programação do SBT. A atração, produzida e idealizada por Roberto Gómez Bolaños, chegou ao Brasil em 1984 graças à insistência de José Salathiel Lage, ex-executivo da emissora de Silvio Santos, que convenceu o dono do Baú a adquirir o formato.

A informação foi divulgada pelo jornalista Paulo Pacheco, do Na Telinha, que contou que o ex-diretor do canal, que atuava junto a Silvio desde os anos 1970, como seu assessor de relações públicas, alegou ao patrão que, apesar da baixa qualidade, o seriado parecia oferecer a pureza do circo que ele conheceu quando ainda criança.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na ocasião, Lage, também dublador, exercia o cargo de gerente do núcleo de dublagem do SBT e defendeu a obra de Bolaños, que estava sendo ofertada pela Televisa a Silvio Santos como sucesso na América Latina.

Para isso, o executivo usou Os Trapalhões, sucesso de humor da TV Globo na época, como referência de modelo. “Eles já apelavam um pouco para a malícia. Aliás, foi um dos meus argumentos com o Silvio: ‘Eu não gosto que minha filha assista aos Trapalhões, mas eu gostaria que ela assistisse ao Chaves!’”,contou Lage em entrevista ao site.

Silvio Santos, então, decidiu apostar na novidade e mandou dublar 12 episódios, sob o comando de Marcelo Gastaldi, dono da cooperativa de dublagem Maga, que também foi o responsável por dar voz ao personagem que vive no barril, bem como ao Chapolin Colorado.

Todos eram contra. Eles cruzavam comigo e falavam: ‘Você está louco! Você está dizendo que é bom porque você quer dublar, é trabalho para sua área’. A partir do sucesso do Chaves, o que aconteceu? Simples. eles tiveram que me engolir”, lembrou Lage.

José Salathiel Lage, ex-gerente do núcleo de dublagem do SBT, atualmente (Foto: Divulgação/NaTelinha)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais