Depois de Ouro Verde, confira uma lista superespecial de novelas portuguesas para passar na Band

Publicado há um ano
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de muitos anos, a televisão aberta brasileira volta a apostar em um telenovela portuguesa e no horário nobre. Ouro Verde não é qualquer produção estrangeira, é vencedora do Emmy Internacional e dotada dos melhores recursos técnicos e artísticos da indústria noveleira do país europeu.

A produção estreou na Band há pouco mais de uma semana e, apesar de não ser um arrasa quarteirão em termos de audiência, já mostra que tem potencial para alcançar o mesmo ou até mais do que vinham marcando os folhetins turcos. Talvez o maior mérito de Ouro Verde é, de fato, mostrar ao Brasil que do outro lado do Atlântico se faz, sim, novelas caprichadas e com roteiros iguais ou superiores aos da Globo, a Hollywood brasileira.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas, além de Outro Verde, o que Portugal, o país com mais Emmys depois do Brasil, tem produzido? Que outras novelas a televisão brasileira poderia comprar? Essa pergunta é fácil de responder. O Observatório da Televisão preparou uma lista especial sobre algumas das tramas da Terrinha que poderiam fazer o maior sucesso no país.

O Beijo do Escorpião

Produzida em 2014, a trama conta a história de Rita (Dalila Carmo), uma empresária rica, que se torna vítima da irmã ambiciosa, Alice (Sara Matos), a grande vilã da trama. Outra trama que chamou a atenção foi a de Paulo (Pedro Carvalho) e Miguel (Duarte Gomes), que formam um casal aclamado pelo público e crítica.

Belmonte

Gravada também no Brasil, conta com a atriz brasileira
Graziella Schmitt no papel principal. A história é um remake da produção
chilena Hijos del Monte. O drama principal gira em torno de Emílio (Antônio
Capello), pai da mocinha, e que tem duas famílias. Uma em Portugal e outra na
América do Sul. O patriarca, no entanto, acaba sendo morto após uma armação de
um de seus filhos portugueses, o que muda completamente a vida da personagem
principal, Paula.

Meu Amor

Vencedora do Emmy Internacional de Melhor Novela, em 2010, desbancando
novelas da Globo, essa é uma trama poderosa do interior português. Traz a
história de amor de Mel (Rita Pereira) e Bernardo (Marco D’Almeida). Os dois enfrentam
o mundo para ficarem juntos. Mas, antes, muita coisa acontece, como um acidente
aéreo, que vitima alguns personagens e o galã é dado como desaparecido.  

A Única Mulher

Com três temporadas, a trama tem como protagonistas Mara
(Ana Sofia Martins) e Luís Miguel (Lourenço Ortigão). Ele é português e
empresário. Já ela é uma enfermeira angolana. Os dois se conhecem no país africano,
mas acabam precisando enfrentar as diferenças históricas entre as duas famílias
de países que se guerrearam no passado.

Laços de Sangue

Realizada em parceria com a Globo e nunca exibida no Brasil
na TV aberta, quem sabe a Band poderia comprá-la. A produção, de 2010, ganhou o
Emmy Internacional de Melhor Telenovela, e tem cenas no Rio de Janeiro e na
Amazônia. Os protagonistas são o conhecido ator português Diogo Morgado, que
faz o João, e Joana Chaves, que interpreta a Inês.  

Dancin’ Days

Fruto de uma parceria com a Globo, Portugal ganhou seu remake
de um clássico da teledramaturgia brasileira. Adaptada à realidade da Europa, a
trama bateu recordes de audiência durante sua exibição por lá. A protagonista é
da atriz Joana Santos, a Júlia, que paga por um crime que não cometeu e volta
para recuperar sua filha, criada pela verdadeira criminosa.

A Impostora

Gravada em Lisboa, no Porto, em Moçambique e no Chile, essa é uma das mais importantes produções portuguesas dos últimos anos. Conta a história de Verônica (Dalila Carmo), que assume o lugar da irmã Vitória, depois que essa morre em uma tragédia área. A trama possui duas temporadas com reviravoltas incríveis.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio