Delegada dá detalhes sobre depoimento de Petrix sobre caso de assédio no BBB20

Publicado há 10 meses
Por Surenã Dias
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A delegada Catarina Noble, da Delegacia de Amparo à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, afirmou que Petrix Barbosa não viu “malícia” nas imagens do suposto assédio no BBB20.

Em entrevista ao portal Uol, a delegada que acompanha o caso afirmou que durante o depoimento, o ginasta “não reconheceu que teve malícia em seus gestos”. Petrix foi ouvido na última sexta-feira (7).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A delegada ainda relatou à publicação que a fala do atleta é um problema comum enfrentado em casos de assédio. Segundo Catarina, geralmente o acusado “sempre busca minimizar” os fatos.

Petrix foi acusado de cometer um suposto ato de assédio, logo após esfregar suas partes íntimas em Flayslane e também der tocado nos seios de Bianca Andrade. As vítimas serão ouvidas assim que saírem do programa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio