Dedé Santana diz ser injusta a saída de Renato Aragão da Globo: “Não podiam ter feito isso”

O comediante defende que o colega deveria ter contrato vitalício

Publicado há 4 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (30), foi revelada a saída de Renato Aragão da TV Globo. Após 44 anos de emissora, o humorista não teve o contrato renovado. Dedé Santana, que foi colega de trabalho do profissional em diversas produções, se manifestou.

“Eles não podiam ter feito isso com ele. Achei uma injustiça”, disparou o ator em entrevista ao colunista Fefito. Aos 84 anos, o famoso também não possui vínculo empregatício com nenhum canal. “Também tenho trabalhado por obra”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eles poderiam renegociar o trabalho [com Renato]. Mas não dá para abrir mão de nomes como Renato Aragão e outros artistas que ajudaram a construir a emissora, como Tarcisio Meira. A Globo deveria nos dar um contrato vitalício”, avaliou Dedé.

“A minha segurança de estar na Globo era ele. Ele me chamava para todo projeto que ele fazia ou participava”, lamentou o artista, que entregou que tinha um projeto para fazer com Didi. “Um seriado mostrando como estaríamos nos dias de hoje. Mas o Renato tem sempre uma carta na manga, pode ter certeza disso”, concluiu Santana.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais