Datena detona entrevista de Bolsonaro e uso da hidroxicloroquina

O apresentador revelou ter mudado de opinião sobre a covid-19

Publicado há um mês
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última terça-feira (7), José Luiz Datena chamou a atenção ao criticar a entrevista do presidente Jair Bolsonaro, onde ele revelou que testou positivo para coronavírus. A princípio, ele mostrou reprovação com a maioria das falas.

O Brasil Urgente exibiu a entrevista que foi exclusiva para a TV Brasil, CNN Brasil e Record TV, mas fez questão de afirmar que achou que isso é um perigo. “Primeiro, tem um perigo muito grande quando você acha que já teve a doença. Eu já pensei dessa forma também, mas tenho certeza que não tive”, começou dizendo o apresentador.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Logo depois, Datena falou sobre o tratamento com hidroxicloroquina, defendido pelo presidente, medicamento sem eficácia cientificamente comprovada. “Não está provado que a hidroxicloriquina mais a azitromicina cura esse negócio. Primeiro, a Anvisa dos americanos deu oportunidade para fazer testes, depois não se chegou a conclusão nenhuma”, afirmou ele.

“Não tem tanto efeito assim. Não está provado que é eficaz nem no tratamento nem para prevenir a doença. Não há remédio para prevenir essa doença. Não vá tomar azitromicina ou hidroxicloroquina achando que você está livre disso e não usar máscara e você se ferra!”, disse Datena.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais