Danrley fala sobre estar acorrentado com cinco mulheres

Publicado há 2 anos
Por Paulo Henrique Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta quinta-feira (21), Danrley comentou sobre estar acorrentado a cinco mulheres no BBB19. O estudante carioca refletiu sobre a dinâmica classificando a sua situação como engraçada.

Leia também:  Paula revela quem Gabriela gostaria de beijar: “A Carol”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Olha que doideira. Estou grudado com cinco mulheres. Isso é muito engraçado. Ainda bem que vocês são muito legais”, disse o vendedor de picolés. Paula disse que o colega de confinamento é um ‘fofo’. Enquanto Carolina questionou se a convivência está suave.

“Sim, só a Elana que me estressa de vez em quando”, brincou ele em seguida. A sister riu da declaração do colega, mas não comentou. Logo depois eles ficaram em silêncio e se preparam para dormir antes do programa ao vivo.

Veja mais: Tereza amarga última colocação do queridômetro

Hoje à noite os brothers vão encarar uma prova do líder de habilidade. Danrley e Elana terão o poder do veto, mas a Globo não divulgou quantos participantes eles terão que tirar da disputa pela liderança. Quem vencer se torna líder e se livra das correntes.

Paula relembra Maycon e dispara: “Incomodava muito”

Na tarde desta quinta-feira (21) os brothers acordaram mais tarde que o de costume no BBB19. Após tomarem café, o grupo de Paula seguiu para a área externa da casa e a sister relembrou Maycon. O vendedor de queijos foi eliminado na última terça-feira (19).

“Parece que Maycon saiu já tem quinze dias”, iniciou Carolina. Paula então criticou o brother. “Nossa, ele incomodava muito”. Carol em seguida rasgou elogios aos mineiro, de quem era próxima no confinamento global.

“Demais. Menino bom de coração, mas eu falava: ‘Amigo, você é chato. Fica um pouquinho calado aí, dez minutos’. Aí ele: ‘Os incomodados que se mudem’”, contou. A bacharel em Direto explicou que gostava de Maycon, mas achava ele exagerado.

“Eu adorava ele, mas achava demais”. Tereza entrou na conversa e opina em seguida: “Ele tem umas questões interiores dele para resolver”. “Nossa, muito, muito sério”, concordou Carol. “Quando eu falei do emocional dele, eu tava sabendo o que eu tava falando, eu não tava falando por brincadeira. Carolzinha que faz terapia sabe do que eu tô falando”, concluiu Tereza.

+ ACOMPANHE TUDO SOBRE O BIG BROTHER BRASIL 19

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio