Danilo Gentili e Oscar Filho fazem piada com assédio sofrido por Calabresa

Caso ganhou detalhes em matéria publicada hoje

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A repercussão das denúncias de assédio feitas pela atriz Dani Calabresa contra Marcius Melhem, seu ex-chefe no núcleo de Humor da Rede Globo, ganhou contornos bastante questionáveis entre alguns colegas comediantes da ex-integrante do programa Zorra.

Amigo pessoal de Calabresa, Danilo Gentili foi um dos primeiros a publicar ironias sobre o assunto. “Uma coisa não podemos negar. O Marcius Melhem foi um grande líder na Globo. Daqueles que não têm medo de botar o pau na mesa. Nem na cadeira. Nem na parede. Nem na saída do banheiro. Nem na festa da firma. Nem…“, ironizou, no Twitter.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eu sempre achei que o Marcius Melhem forçava. Mas eu achava que era só no humor“, escreveu, em outra publicação na mesma rede social.

Em um terceiro tweet, o apresentador do SBT compartilhou uma publicação que relacionava o caso ao programa Os Caras de Pau, protagonizado por Melhem na Globo ao lado de Leandro Hassum. A ‘brincadeira’ modifica o título no logotipo da atração, de modo a ler-se O Cara Que Mostra o Pau.

Quem também fez troça do assunto, também no Twitter, foi Oscar Filho, que trabalhou com Dani Calabresa no extinto programa CQC, da Band.

Sobre o Marcius Melhem ter colocado o pau pra fora pra mostrar pra galera… Que coragem, hein? Eu nunca seria um assediador, porque eu não tenho auto estima o suficiente pra mostrar a benga pros outros. Eu escondo meu pau até de mim mesmo. Eu mijo de luz apagada”, ironizou.

Oscar chegou a ser criticado por um seguidor por tentar fazer piada com tão sério tema. “Na boa, Oscar Filho, não é questão de ser politicamente correto. Mas o fato de satirizar este tipo de situação é que faz ninguém levar este tipo de crime a sério“, apontou o twitteiro em questão.

O ex-apresentador do Programa da Maisa, no entanto, discordou do internauta. “Não concordo. O fato de eu fazer piada não muda o que aconteceu. A piada vem pra aliviar a tensão. Quem tem que levar a sério é a polícia. Cada um no seu quadrado“, considerou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio