Dançarino que sofre preconceito em Malhação, Dhonata Augusto revela que enfrentou o mesmo por querer ser ator

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o Leandro de Malhação – Vidas Brasileiras, Dhonata Augusto falou sobre o personagem da trama teen, que quer ser um profissional da dança, mas que enfrenta preconceito dos colegas do colégio onde estuda e da família.

Malhação: Úrsula sofre gordofobia e fica insegura com seu corpo

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Na escola, Leandro sofre bullying, mas foi em casa onde se sentiu mais afetado. Para ele, foi muito difícil escutar do pai, a quem considera tanto, os comentários preconceituosos e a não aceitação de sua escolha pela dança”, declarou o famoso ao jornal Extra.

O astro comentou sobre a cena na qual o jovem se reconcilia com o pai. “Leandro sabe que o pai o ama muito, eles iam se acertar em algum momento. Ele tem a consciência de que pode se superar sempre. É muito otimista. Ele acaba revertendo o preconceito a seu favor”, avaliou Dhonata.

Malhação escala atriz transexual pela primeira vez: “É muito importante que nós tenhamos chances”

Aos 21 anos, o ator trabalha há 11 no teatro e revela que também enfrentou barreiras quando revelou que queria ser artista. “Uma boa parte da minha família chegou a desacreditar em mim, até ver meus trabalhos sendo concretizados. O caminho foi de bastante luta e resistência. Acima de tudo, eu acreditei no meu sonho e fui persistente. Quando recebi a notícia de que havia sido aprovado para fazer Malhação, a primeira coisa que fiz foi ligar para minha mãe, a pessoa mais importante na minha vida e que sempre me apoiou. Ela é minha fortaleza”, concluiu Augusto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio