Dagmar é vítima de racismo e público de Fina Estampa se revolta

Mãe de Leandro foi ofendida por Albertinho

Publicado há 4 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma cena exibida hoje (quinta-feira, 4), dentro da novela Fina Estampa, mostrou como a trama de Aguinaldo Silva continua antenada com os tempos modernos. No capítulo mais recente, a empoderada Dagmar (Cris Vianna) foi vítima de uma fala racista de Albertinho (André Garolli) – e não deixou barato!

Durante uma discussão com o primo de Guaracy (Paulo Rocha), Dagmar foi chamada de ‘barraqueira’ por ele, que ainda associou a suposta falha de conduta da moça ao fato de ela ser da raça negra. Indignada, a mãe de Leandro (Rodrigo Simas) tentou agredir o rapaz com um utensílio de cozinha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nas redes sociais, tal sequência de Fina Estampa causou impacto e foi alvo de diversos comentários. “Chorei com a cena da Dagmar sofrendo racismo na novela hoje, e parei logo em seguida, quando ela colocou o lixo daquele racista em seu devido lugar“, festejou uma usuária do Twitter.

Vendo uma cena de racismo numa novela de 2011 e cada dia mais doente com a naturalização desse crime. Se tornou algo natural ser nazista e racista no Brasil. Eles não têm nem vergonha mais porque sabe que são protegidos por uma justiça e sociedade que relativizam“, lamentou outro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais