Dado Dolabella censura entrevista ao Fofocalizando e Leo Dias se queixa no Twitter: “Que país é esse?”

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O sempre polêmico Dado Dolabella acaba de ter seu nome diretamente envolvido em uma nova confusão de projeção midiática nacional. Tudo porque o ator de 38 anos se arrependeu da entrevista exclusiva que concedeu na última sexta-feira (25) ao apresentador Gabriel Cartolano, do Fofocalizando, e proibiu o SBT de veicular a matéria.

A informação foi confirmada pelos próprios âncoras do vespertino na edição desta segunda-feira (28). Na ocasião, Cartolano afirmou que o canal ainda está negociando com os advogados de Dolabella a exibição ao menos parcial do material gravado, mas que, até segunda ordem, não há qualquer previsão de que a matéria vá ao ar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Após polêmica sobre veganismo no BBB19, Dado Dolabella afronta Tiago Leifert

Em nota oficial, o SBT confirmou que não deve mesmo exibir a potencialmente polêmica entrevista. “O SBT não vai exibir a matéria em respeito ao pedido de Dado Dolabella, que já fez parte da teledramaturgia da emissora”, afirmou a assessoria de imprensa da emissora, fazendo referência à passagem de Dado por seu casting, como protagonista da novela Cristal, em 2006.

Embora não haja confirmação, os temores do herdeiro do saudoso Carlos Eduardo Dolabella em relação ao conteúdo obtido pelo Fofocalizando teriam relação com o episódio de agressão à atriz Luana Piovani que ele protagonizou em 2008, quando os dois namoravam. Ao que menos é o que indicou o jornalista Leo Dias, um dos membros mais representativos da bancada do Fofocalizando, em uma série de postagens no Twitter durante a tarde de hoje.

Agressão ‘justificada’?

“O que o Dado fez com o Fofocalizando e com o SBT é uma vergonha. Liguei pra Luana pra comentar. Ela parecia não acreditar nas baboseiras que ele falou na entrevista (que nem foi ao ar). Se a Justiça brasileira soubesse o que ele fala dela na entrevista…. meu Deus! De que adianta ser vegano, pensar tanto nos animais, se não tem a menor consideração pelo ser humano? Acreditem, ele até justifica o fato de ter batido na Luana!!!! Como se alguma razão justificasse agredir uma mulher! Que país é esse??? Do que adianta não comer carne se justifica bater em mulher????”, disparou Dias no microblog.

“Tenho plena consciência de que tudo o que eu to escrevendo aqui pode ter consequência para mim no SBT. Mas eu não aceito jamais a censura nesse país. A nossa Constituição garante a liberdade de expressão. Defenderei sempre a liberdade de expressão. E mais: defenderei sempre as mulheres nesse país!”, declarou ainda o jornalista. “Antes de ser demitido do SBT por falar demais, eu confio e acredito no nosso departamento jurídico. Essa entrevista tem que ir ao ar. Pelo bem das mulheres desse país. Para que nenhuma delas passe pelo que a Luana passou.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais